segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

MORADA NOVA-CE​: ​Homicídio à bala.​


Informações extraoficiais dão conta de um homicídio à bala, que veio a ocorrer no bairro 2 de agosto, na cidade de Morada Nova.

Segundo populares, a vítima trata-se de um homem identificado como Zé Filho, e que seria ex-presidiário. O mesmo veio a óbito ainda no local do sinistro.

👉 ​SEM MAIS DETALHES!

NO ROLDÃO Casal é lesionado à bala durante tentativa de roubo em Morada Nova

Neste domingo, dia 21/01/2018 aproximadamente às 21h00min duas pessoas foram lesionadas à bala durante uma tentativa de roubo na localidade de Roldão, a informação foi repassada para a polícia por um funcionário do Hospital de Morada Nova, via 190.

As vítimas identificadas como J. N. N., 22 anos e F. I. de S., 34 anos, trafegavam em uma motocicleta quando foram abordadas por dois elementos em uma moto de cor vermelha, que anunciaram o assalto, porém a vítima que conduzia a motocicleta não parou e os elementos realizaram disparos, que vieram a atingir o ombro do rapaz e a perna da moça.

O casal não corre risco de morte e será transferido para Russas. As vítimas informaram ainda que os indivíduos abandonaram a motocicleta em que estavam, após a mesma ter estancado. A Polícia Militar compareceu ao local e realiza diligências em busca de obter informações e localizar os criminosos.

Copyright ©2018. Quixeramobim News

VIOLÊNCIA Fim de semana sangrento no Ceará deixa 58 pessoas assassinadas e homicidômetro de 2018 dispara para 368

 

Antônio Bezerra/Fortaleza                                       Granja Lisboa/Fortaleza

 

Caucaia                                                                    Várzea Alegre 

Cinquenta e oito pessoas foram assassinadas no Ceará em mais um fim de semana sangrento no estado. O balanço, que ainda é parcial, aponta que entre sexta-feira última (19) e o começo da madrugada desta segunda (22), foram contabilizados 23 homicídios na Capital, 17 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e mais 16 casos no Interior (10 no Sul e 6 no Norte).

Em Fortaleza, os 23 assassinatos ocorreram nos seguintes bairros: Sabiaguaba (3 mortos, contabilizando um duplo homicídio), Barra do Ceará, Cristo Redentor, Vila Velha, Alto da Balança, Jangurussu, Antônio Bezerra, Granja Lisboa, Siqueira, Planalto Ayrton Senna, Henrique Jorge, Alto da Balança, Vila Peri, Aerolândia, Serrinha, Conjunto Esperança (policial militar assassinado), Papicu, Praia do Futuro, Centro, José Walter e Vila União.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, 19 homicídios ocorreram nos seguintes Municípios: Caucaia (8 casos, incluindo um duplo homicídio), Maranguape 3 casos (um duplo homicídio), Aquiraz (3), Eusébio, Chorozinho, Horizonte e Cascavel (duplo por intervenção policial).

Mortes no Sertão

No Interior Norte, seis pessoas foram assassinadas nos seguintes Municípios: São Benedito, Barroquinha, Itarema, Ipaporanga, Redenção e Ararendá.

No Interior Sul, 10 assassinatos ocorreram nos Municípios a seguir: Juazeiro do Norte (2 casos), Acopiara, Russas, Quiterianópolis, Crato, Icó, Várzea Alegre, Cedro e Jardim.

PM morto

Um sargento reformado da Polícia Militar está entre as 58 pessoas mortas no Ceará no fim de semana passado. Trata-se do primeiro agente da segurança Pública morto no estado em 2018. Tratava-se do sargento da Reserva Remunerada, Petronílio Leonardo da Silva Neto, 63 anos de idade. Na tarde de sábado (20), ele foi baleado no Conjunto Esperança e morreu no hospital. Os autores do crime já estão identificados, porém, foragidos.

Múltiplos assassinatos

Três casos de duplos homicídios também foram constatados no fim de semana. O primeiro deles ocorreu  na noite de sexta-feira no Município de Maranguape. O segundo, na noite de sábado no bairro Guajiru, em Caucaia. O terceiro, na noite de domingo em Cascavel, onde dois homens morreram numa troca de tiros com policiais militares.

Mulheres assassinadas

Entre as 58 vítimas dos homicídios figuram quatro mulheres. Duas foram mortas em um apartamento no bairro Guajiru, em Caucaia, sendo identificadas como Maria Laíssa Quintino Moreira, adolescente de 14 anos: e Gleigiane Maria Lopes, 25.  Josivânia Martons foi morta, a tiros, em Aquiraz. A quarta vítima foi a adolescente Marcilene Sousa da Costa, morta a tiro no Distrito de Bitupitá, no Município de Barroquinha (a 380Km de Fortaleza), no litoral Oeste.

POR FERNANDO RIBEIRO 
Copyright © 2018 Notícias Online Ceará

       

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 22/01/2018: Lesão corporal a faca em Russas, prisão por violência domestica e furto de moto em Aracati


Conforme informações da Policia Militar, neste domingo, dia 21 de janeiro de 2018, por volta das 22 horas, deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Planalto da Bela Vista em Russas, uma adolescente de 17 anos, natural de Russas-CE, residente no Sítio Cafundó, zona rural de Quixeré-CE, a qual apresentava lesões a golpes de faca na mão direita, na coxa direita e no braço esquerdo.

Segundo a menor (vitima), a autora das lesões é uma mulher conhecida por “Bia” que reside na localidade de Alto do Bode, zona rural de Russas-CE, esta que ainda não foi localizada para contestar as acusações.

PRISÃO POR VIOLÊNCIA DOMESTICA (LEI MARIA DA PENHA) EM ARACATI

Neste domingo, dia 21, volta das 20h30min, na Rua Bonito, Bairro Pedregal, foi preso Sidney Fernandes Cruz, 44 anos, Natural de Mossoró/RN, sob acusação de haver agredido sua irmã (uma mulher de 34 anos) e sua sobrinha (uma adolescente de 15 anos). O agressor foi levado à Delegacia de Aracati onde foi autuado na Lei Maria da Penha, que trata dos crimes de violência doméstica.

PRISÃO POR TRÁFICO E ASSOCIAÇÃO AO TRÁFICO DE DROGAS EM JAGUARIBARA

Neste domingo, dia 21, por volta das 17h, denúncias levaram policiais à Av. Francisco Melanias Bezerra, centro, onde foi presa em sua residência a pessoa de Ritanice Da Silva, 44 anos, natural de Alto Santo-CE. No local durante uma averiguação, PMs encontraram diversas embalagens plásticas que geralmente são utilizadas na comercialização de droga e ainda 4 gramas de um pó branco que a própria suspeita confessou ser cocaína. Assim, diante dos fatos, “Ritanice” foi apresentada na DRPC de Jaguaribe-CE onde foi autuada por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas.

FURTO DE MOTO EM TABULEIRO DO NORTE

Neste domingo, dia 21, por volta das 09h30min, PMs foram informados de que na Rua Pedro Pessoa, próximo ao Art Clube, centro, foi furtada uma motocicleta Honda/CG 125 Titan, cor azul, de placa HVZ-6872, fato este ocorrido no período da madrugada. Após tomar conhecimento do furto, PMs passaram a efetuar diligências no intuito de localizar o veículo, bem como chegar a autoria do delito, porém sem êxito até o momento.

ROUBO DE MOTO E PRISÃO DE SUSPEITO EM LIMOEIRO DO NORTE

Neste domingo, dia 21, por volta das 13h45min, na Passagem do rio Banabuiu, próximo ao Sítio Ilha, periferia, uma mulher de 36 anos, natural de Quixadá-Ce, foi abordada por dois indivíduos armados, que a renderam e roubaram sua motocicleta, uma Honda/CG 125 Titan KS, cor prata, de placa HWC-5873, e também sua bolsa contendo documentos e objetos pessoais. De posse da informação, PMs iniciaram buscas na região e avistaram dois indivíduos com as mesmas característias dos suspeitos do roubo. Um deles se evadiu com a moto da vítima com destino ao município de Tabuleiro do Norte-CE, e o outro que estava em sua companhia, acabou sendo abordado e identificado por: Leano Carneiro Martins, 28 anos, natural de Fortaleza e residente em Caucaia-CE, o qual foi flagrado de posse da bolsa com documentos e objetos da vitima, sendo ele também reconhecido pela própria vitima como um dos assaltantes e levado à DPC local para a realização dos procedimentos cabíveis. O outro suspeito que fugiu com a moto roubada já foi identificado pela polícia e está sendo procurado.

Fonte: Tv Jaguar

MULTAS Destinação para valores arrecadados é flexível

Quase R$ 1 bilhão foi acumulado nos últimos cinco anos. Crescimento é de 180% comparando 2013 com 2017

 


O Código Brasileiro de Trânsito determina que o arrecadado seja investido na área


Clique para ampliar

Existem reações quase universais, expressadas por condutores que se deparam com um aviso de multa. Franzir o semblante, fechar os olhos junto com o movimento de negação com a cabeça, prender o xingamento na garganta. Certo ou errado, ciente ou não da infração, é comum que motoristas não fiquem satisfeitos com o prejuízo financeiro. Entretanto, existe um questionamento, não respondido nas correspondências e desconhecido por uma parcela significativa da população. Afinal, para onde vai o dinheiro destinado ao pagamento de multas?

<Superávit vira foco do Funset

Conforme assegura o artigo 320 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), o dinheiro arrecadado com a quitação de dívidas relacionadas às multas de trânsito deve ser usado exclusivamente para sinalização, engenharia de tráfego, policiamento, fiscalização e educação no trânsito. Além disso, os órgãos de trânsito têm a obrigação de destinar 5% de todo o quantitativo captado para a conta do Fundo Nacional de Segurança e Educação no Trânsito (Funset), de acordo com parágrafo 1º do art. 320 da Lei Nº 9.503, que tem por finalidade custear as despesas do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), relativas à operacionalização da segurança e educação de trânsito.

A partir da divulgação dos dados do Funset, é possível contabilizar o montante arrecadado com as multas ao longo do ano. No Ceará, em 2017, foram acumulados mais de R$ 305 milhões em multas nos municípios integrados ao Sistema Nacional de Trânsito, conforme informações concedidas pelo Ministério das Cidades (MinC). Em comparação com 2013, onde foi auferidos cerca de R$ 109 milhões, a quantia quase triplicou. Nos últimos cinco anos, foram acumulados em torno de R$ 962 milhões com o pagamento das infrações.

Apenas nas vias municipais, foram arrecadados, em 2017, com a espécie "multas e juros de mora", cerca de R$ 121,673 milhões, segundo levantamento realizado pela equipe do Diário do Nordeste, por meio do Portal da Transparência de Fortaleza e confirmado pela Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). Em comparação com 2016 - período onde foram acumulados R$ 88.588 milhões - o número representa um aumento da arrecadação de 28%. Os recursos reunidos com penalizações a motoristas, no ano passado, é pouco inferior às despesas realizadas no mesmo período pela AMC. Na ocasião, a autarquia empenhou em despesas aproximadamente R$ 123,451 milhões.

Descentralização

Apesar de a divisão do orçamento ser repartida para cinco eixos, como determina a Lei, não há definição específica de porcentagem para distribuição, como explica o superintendente da AMC, Arcelino Lima.

"A partir do momento em que existe todo o descritivo de despesa é algo muito dinâmico, não tem como definir qual percentual é para cada eixo. Então a distribuição do nosso orçamento varia de acordo com a nossa realidade. Tem mês que é mais semáforo, mais ciclofaixa. Não existe rigor para a divisão real, mas que o destino final seja o trânsito", pontua.

O Detran esclarece que "os recursos são destinados de acordo com as necessidades da sociedade, considerando critérios técnicos levantados pela área de Engenharia que orientam a quantidade de investimento necessário para a manutenção em bom estado da sinalização rodoviária, bem como o crescimento constante das ações de educação e fiscalização de trânsito". A assessoria do órgão acrescenta que, "embora a Lei não determine um percentual obrigatório para cada item, o Detran busca contemplar e equilibrar todas as vertentes". No total, o órgão arrecadou, em 2017, R$ 106.065.575,46. Desse orçamento, foram dedicados R$ 52.944.554,36 para sinalização e engenharia de tráfego, R$ 37.882.113,18 para fiscalização e policiamento de trânsito e R$ 15.238.907,92 foram destinados à educação de trânsito.

Críticas

O aumento no montante acumulado opera quase como combustível para a popularização do termo "indústria da multa", que compara os atos de fiscalização com atividades econômicas que visam o lucro.

Para o procurador da República no Ceará, Oscar Costa Filho, há uma política predatória nas ações dos órgãos de trânsito no Estado, que vê como objetivo máximo a arrecadação. "Você não vê uma política de natureza educativa, não tem isso estruturado. O que nós podemos fazer, para amenizar essa realidade, é analisar os direitos do usuário".

Em novembro último, Oscar Costa Filho solicitou da a AMC o envio de informações sobre o nome de todos os agentes de trânsito e o quantitativo de penalidades aplicadas pelos mesmos entre os anos de 2013 e 2017, com base na Resolução Nº 709 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O envio deverá ser realizado ao longo da próxima semana. "Se as multas quase que triplicaram dos últimos anos pra cá, nós precisamos ir a fundo para saber para onde esse dinheiro está sendo destinado, que tem a origem questionada, do ponto de vista da legalidade. Se um policial militar prende alguém, a pessoa tem o direito de saber a identidade do mesmo. Por que tem que ser diferente com o guarda de trânsito?", reforça o procurador.

Arcelino Lima comenta que a decisão foi acatada pela AMC e que o envio da documentação acontecerá dentro do prazo estabelecido. "Nós estamos nos preparando para enviar a documentação. Estamos fazendo os questionamentos ao Denatran, a que nível de detalhe tem que ser fornecido, para atendermos a rigor da resolução. Não nos cabe agora outra coisa além de atender, visto que é uma resolução federal", afirma.

(Colaborou Fabrício Paiva)

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.


SEM ACRÉSCIMO, DIZ ENEL Conta de luz até R$ 40 virá zerada e fica para o mês seguinte


A Enel diz que dá mais comodidade ao cliente para que ele realize um só pagamento com a fatura acumulada

   

 por Murilo Viana Filho - Repórter

Consumidores cearenses estão sendo surpreendidos com o recebimento de faturas zeradas de energia, mas isso se deve a uma mudança implementada pela Enel, distribuidora de energia do Estado, a antiga Coelce. A empresa fixou, desde o fim de dezembro de 2017, o valor mínimo da conta de luz em R$ 40,00. Isso significa que se o consumidor não atingir pelo menos essa quantia na fatura de energia em um determinado mês, a conta virá sem nenhum valor (R$ 0), e o preço que seria pago nesse momento é somado ao da conta do mês seguinte.

De acordo com informação da concessionária, a mudança irá atingir 750 mil clientes no Estado, sendo 250 mil na Capital cearense. A quantidade de consumidores afetados representa cerca de 18,8% do total de clientes da Enel no Estado. Durante o ano passado, segundo a Enel, o valor mínimo para cada fatura foi de R$ 25,00. Ou seja, está percebendo a novidade quem atinge um valor médio nas contas de energia a partir de R$ 25,00 até menos de R$ 40,00.

Com a modificação na forma de quitar o débito, a empresa argumenta, por meio de sua assessoria de imprensa, "que está dando mais comodidade ao cliente, fazendo com que ele realize um só pagamento a cada dois meses, com a fatura acumulada". A Enel ainda acrescenta que a "ação está de acordo com a legislação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em vigor", reforça.

Sem valor adicional

A distribuidora frisa que o cliente "não paga nenhum valor adicional. Quando o consumidor não atingir o valor mínimo, ele pagará, no mês seguinte, o valor acumulado dos dois meses", garante a distribuidora de energia.

A Enel também assegura que o consumidor está sendo informado sobre a mudança por meio de aviso na própria conta de energia. "Nas faturas que não atingem o limite, o cliente recebe uma mensagem no local onde estaria o código de barras, informando sobre a ação e o pagamento no mês posterior".

Como reverter

Se o consumidor não atingir o valor mínimo de R$ 40,00 e preferir realizar o pagamento da maneira convencional, ou seja, pagar sempre a conta de luz com o preço referente a cada mês, é possível solicitar a reversão do faturamento.

De acordo com a Enel, basta entrar em contato com a companhia pelo telefone 0800 285 0196 ou presencialmente, em uma das lojas de atendimento.

Solicitação

A solicitação pelo faturamento convencional precisa ser feita pelo titular da conta ou representante legal. Em qualquer um dos dois casos, é preciso apresentar o número da unidade consumidora, documento de identificação, CPF e RG.

Contato

Para esclarecer dúvidas sobre a mudança nas faturas ou outros assuntos, o cliente também pode entrar em contato com a Enel pelo aplicativo da empresa, que pode ser baixado gratuitamente para iOS (http://goo.Gl/quLoH9) e Android (http://goo.Gl/pjQpNS).

O consumidor ainda pode buscar o contato com a distribuidora pelo site www.eneldistribuicao.com.brou pelas redes sociais Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (twitter.com/@enelclientesbr).

Consumidores

Atualmente, a concessionária de energia do Estado atende a cerca de 3,8 milhões de consumidores, distribuídos em todo o território cearense. Assim como os demais usuários do País, os cearenses vivem um momento de maior alívio no que diz respeito à cobrança da conta de luz, uma vez que a bandeira verde entrou em vigor em janeiro e, segundo expectativa já anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), deve permanecer no primeiro trimestre do ano.

Em abril de 2017, quando a Aneel aprovou o reajuste básico, a notícia também foi positiva e o consumidor foi surpreendido com uma queda na cobrança das contas das conexões residenciais e comércio (baixa tensão). Estes usuários representam cerca de 80% dos clientes da Enel Distribuição Ceará e foram beneficiados com uma baixa de 0,39% em suas contas de luz.

Para a indústria, no entanto, a alta foi de 1,44%. Já para os consumidores residenciais de baixa renda, o recuo estabelecido foi de 0,33%.

O reajuste do último ano esteve bem abaixo da inflação dos últimos 12 meses, medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) e pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que foi de 4,86%e 4,57%, respectivamente, na época.

Composição

Estabelecida pela Aneel, a tarifa de energia elétrica tem no custo de distribuição de energia (17%) seu menor peso.

A maior despesa para o usuário deve-se a compra de energia , transmissão e encargos setoriais (53,5%), seguido pelos tributos (29,5%). No que diz respeito à tributação, incidem sobre a conta de energia, principalmente, o ICMS (21,6% dos 23,6%) e PIS/Cofins (5,4%).

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

ESCASSEZ HÍDRICA Racionamento deveria ter ocorrido, diz Dnocs


Com o Castanhão atingindo o pior nível da história, administrador do Açude não vê chances de boa recarga


O Castanhão opera, conforme o Dnocs, em volume morto desde o fim de agosto, quando o açude atingiu a cota 71. Já a Cogerh nega o volume morto ( Foto: Kid Júnior )

Em aproximadamente 34 dias, se não houver recargas significativas de chuvas na Região do Médio Jaguaribe, o Castanhão, maior açude público para diversos fins do Brasil, não conseguirá mais liberar água sem o recurso de bombeamento, atingindo apenas 2% de sua capacidade que é 6,7 bilhões de metros cúbicos. De acordo com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), o reservatório está com o volume de 160 milhões de metros cúbicos de água, apenas 2,48% do total.

Enquanto a água escasseia rápido demais, cerca de quatro centímetros de coluna por dia ou aproximadamente um milhão de m³ com consumo e evaporação diária, a esperança de que a chuva recarregue o Castanhão também se esvai sorrateira. "Estou há 20 anos trabalhando aqui. Nunca vi o Castanhão nessa situação de curva negativa para 2,4%. Vi em 2,4% sendo acrescido. Estava acumulando água e não perdendo", lamenta o administrador do Castanhão, Fernando Pimentel, que não vê chances de melhora no nível do açude.

No dia em que a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apresenta o prognóstico para a quadra chuvosa no Estado, Pimentel lança crítica ao Estado pela decisão de não iniciar um racionamento antes que o maior reservatório do Estado atingisse o volume morto. "Eu acredito que amanhã será a mesma situação de agora, de perda de água, redução de volume e necessidade de um racionamento extremo. O racionamento era para ter sido decretado quando ainda tínhamos um volume de água. Neste momento, o que temos não atende sequer à necessidade básica".

O governador Camilo Santana rebateu os comentários. "Nos últimos quatro anos, o que eu fiz foi exatamente buscar alternativas para evitar que o povo sofra com o racionamento e garantir o abastecimento. É o Dnocs que não está por dentro, não tem a informação correta; aliás, ele precisa se refazer e cumprir o seu verdadeiro papel", contrapõe.

No fim de semana, Camilo Santana realizou a primeira reunião com o secretariado no Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP). O secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, disse que o governador pediu mais celeridade nas obras e políticas voltadas à garantia do abastecimento de água para todos os municípios.

"Nós estamos numa situação crítica, que já vem se estendendo para a seca mais severa de toda a história, mais de seis anos. Mas estamos com a situação sendo controlada. Nós temos trabalhado muito, nos últimos três anos, em ações para diversificar as fontes hídricas das regiões metropolitanas, trabalhando com áreas subterrâneas, reúso de água, usando fontes como o Açude Maranguapinho para atender o sistema metropolitano, que vai passar de 200 litros por segundo para 400 litros por segundo", afirmou Teixeira.

Em 2018, de acordo com Governo do Estado, haverá mais ações estruturantes, de médio e longo prazo, como também elaboração de novas políticas. "O governador nos cobrou agilidade para começar a planta de dessalinização, por exemplo. A Cagece deverá receber os estudos em abril. Em maio e junho, deverá ser licitada obra", disse.

Volume morto

O Castanhão opera, conforme o Dnocs, em volume morto desde o dia 29 de agosto, quando o açude atingiu a cota 71. Já a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) nega a entrada no volume morto.

Para o órgão estadual, o Castanhão só chega a essa marca quando atinge a cota 61, que é quando a reserva de água mais profunda das represas, que fica abaixo dos canos de captação normalmente usados para retirar água da barragem, seja utilizada apenas por meio do uso de sistemas de bombeamento. Dessa forma, a Cogerh considera volume morto no Castanhão somente quando o nível da água chegar a 83,4 milhões de m³, ou seja, a 2% de sua capacidade, o que não está longe.

Fique por dentro

RMF se torna menos dependente

Construído em 2002, para garantir o abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e a perenização do Rio Jaguaribe, dentre outras finalidades, o Castanhão deixou de ser a principal fonte de água da Capital. Para o abastecimento, Fortaleza necessita de oito metros cúbicos por segundo, e o Castanhão só oferta, atualmente, um oitavo disso: um metro cúbico por segundo.

De acordo com o titular da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Francisco Teixeira, em entrevista ao Diário do Nordeste em novembro de 2017, "a água agora está ficando lá, para manutenção de cidades do Vale do Jaguaribe e um resto de agricultura que ainda resiste".

Mais independente do Castanhão, a Bacia Metropolitana, com 22 reservatórios, dentre os quais os do sistema Pacoti/Riachão/Gavião, vem suprindo a demanda de Fortaleza, juntamente com investimentos em adutoras, Eixão das Águas e Canal do Trabalhador, poços e ações como o reúso da lavagem dos filtros da Estação de Tratamento de Água Gavião, conseguindo com isso, colocar mais 400 litros por segundo em circulação; ações de combate às fraudes na rede, com 54 L/s até agosto passado; retirada de vazamentos (foram mais de 59 mil pontos identificados até setembro) e escavação de poços em equipamentos públicos.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

domingo, 21 de janeiro de 2018

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 21/01/2018: FURTO DE MOTOCICLETA EM TABULEIRO DO NORTE​


Conforme informações da Policia Militar, neste sábado, dia 20 de janeiro, por volta das 08 horas, a polícia foi informada de um furto de uma motocicleta Honda/CG 150 FAN ESI, cor preta, de placa NVC-8444, ocorrido pela madrugada na Rua Jerônimo Gadelha, centro da cidade. Diligencias estão sendo realizadas, no intuito de recuperar o veículo furtado, porém até o momento sem êxito.

Um outro registro de furto, ocorreu por volta das 15h, na Rua José Muniz, periferia de Tabuleiro do Norte, de onde foi furtada uma motocicleta Honda/POP 110, cor vermelha, de placa PMS-4155, veículo este que até o momento também não foi recuperado.

☑ ​VIOLAÇÃO EM ESTABELECIMENTO BANCÁRIO EM BEBERIBE

Na madrugada deste sábado, dia 20, por volta das 04h, PMs foram informados de que alguns indivíduos encapuzados estariam no interior de uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, na Praia de Morro Branco, tentando violar um caixa eletrônico. Ao chegarem no local, os militares constataram que o caixa havia sido violado, aparentemente por uso de um maçarico, e que os criminosos teriam se evadido utilizando um veículo Chevrolet Cobalt de cor branca e um outro veiculo de cor preta (modelo não identificado). A perícia sobre a violação do caixa eletrônico e se houve ou não furto de valores, é da competência da Policia Federal.

☑ ​ROUBO EM PROPRIEDADE RURAL EM FORTIM

Neste sábado, dia 20, por volta das 20h, ocorreu um roubo numa Fazenda situada na Localidade Campestre, zona rural de Fortim, onde o caseiro da fazenda foi surpreendido por quatro indivíduos encapuzados, que subtraíram do local: cerca de R$ 600,00 reais, documentos pessoais da vítima, um televisor, dois aparelhos celulares, dois aparelhos DVD, um micro sistem, duas chocadeiras, um liquidificador, um ferro de passar roupas, um caixa de som, um relógio e também um veículo GM celta de cor preta de placas HXV-9861. Após o roubo, os assaltantes imobilizaram a vítima (caseiro) e logo depois se evadiram do local tomando rumo ignorado. Durante as buscas aos suspeitos, apenas foram localizados alguns documentos da vítima que foram jogados numa estrada da mesma comunidade.

🧐 ​(Fonte: Tv Jaguar)

BEBERIBE-CE​: Operação Verão Canoa 2018 (Tráfico de drogas)​

☑ ​
Operação foi realizada as 3 horas da manhã de hoje, dia (21), na Br 116, Km 12​, sentido decrescente. Município Beberibe/Ce.

Policiais do Núcleo de Operações Especiais, em patrulhamento na BR 304, atuando na ​Operação Verão Canoa 2018​, visualizaram e abordaram 03 indivíduos em atitude suspeita, num ponto de ônibus na margem da rodovia, em frente ao distrito de "Medeiros", em Beberibe/Ce, posteriormente identificados como MICHAEL SILVA MOURA, 24 anos, natural de Fortaleza/Ce; NASCELIO ALVES DE OLIVEIRA, 22 anos, natural de Aracoiaba/Ce; e a menor A. M. R. G., 16 anos.

Após fiscalização, foi encontrado com os indivíduos: 10 "papelotes" de Maconha, 19 "papelotes" de Cocaína, prontos para venda; 248 reais de dinheiro "trocado", provavelmente do "apurado" da venda das drogas; e Uma Motocicleta HONDA CG 125, de cor vermelha, sem placa, com numerações  identificadoras com indícios de supressão e adulteração.

Os indivíduos confessaram praticar a venda de drogas, e que já teriam vendido certa quantidade em uma festa naquela noite, provavelmente na praia de Canoa Quebrada, em Aracati/Ce. Diante dos fatos, os indivíduos, junto com o veículo adulterado, e o material ilícito encontrado, foram encaminhados a Delegacia Regional de Aracati, onde foram lavrados os procedimentos cabíveis pelos crimes de: Tráfico de Drogas (art. 33, lei de drogas), Associação para o Tráfico (art. 35, lei de drogas), ambos com agravante de envolvimento de menor (art. 40, lei drogas); Corrupção de Menores (art. 244b, eca), Adulteração de Sinal Identificador Veicular (art. 311, cpb); e Receptação (art. 180, cpb).

DOIS SUSPEITOS Polícia prende suspeitos de envolvimento em chacina de Maranguape. Durante as abordagens foram encontrados, com os suspeitos, armas carregadas.



Dois adolescentes e dois adultos foram encontrados mortos no dia 7 de janeiro na localidade da Serra Pelada, em Maranguape ( Foto: Divulgação )

A Polícia Militar prendeu, neste sábado (20), três suspeitos de duplo homicídio realizado na noite de sexta (19), no Distrito de Tanques, em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. Dois deles também são suspeitos de participação na chacina que vitimou quatro pessoas no dia 7 de janeiro deste ano.

Chacina em Maranguape: quatro pessoas são encontradas mortas na Serra Pelada

Durante as abordagens foram encontrados uma pistola ponto 40, uma pistola calibre ponto 380 e um revólver calibre 38. As armas estavam carregadas. 

De acordo com o tenente-coronel Alves, responsável pela Área Integrada de Segurança (AIS) 12, que integra Maranguape, os indivíduos praticaram, de dezembro para cá, "muitos homicídios". Ele também afimou que a Polícia continua à procura dos outros suspeitos de integrar a facção Guardiões do Estado (GDE) que teriam participado da chacina do início do ano. 

© Diário do Nordeste

Copyright © 2018 Notícias Online Ceará

       

MORADA NOVA-CE​: ​Homicídio à bala.​

​ Informações extraoficiais dão conta de um homicídio à bala, que veio a ocorrer no bairro 2 de agosto, na cidade de Morada Nova. Segundo ...