sexta-feira, 20 de outubro de 2017

4º MÊS DE SALDO POSITIVO Ceará cria 2,1 mil empregos; melhor setembro em 3 anos. Resultado decorre de 30,7 mil admissões contra 28,6 mil desligamentos no nono mês deste ano.


A agropecuária foi o setor da economia cearense que teve o melhor resultado na geração de empregos, com saldo positivo de 767 postos, seguida pela indústria de transformação, com geração de 639 vagas
( FOTOS: KID JÚNIOR/ELIZANGELA SANTOS )

por Murilo Viana - Repórter

O Ceará chegou, em setembro, ao quatro mês consecutivo de geração de empregos formais e atingiu o melhor resultado para o mês dos últimos três anos, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem pelo Ministério do Trabalho. Com 30,7 mil admissões 28,6 mil desligamentos, o Estado registrou um saldo positivo de 2,1 mil postos, superando os números de setembro de 2016 (993) e de 2015 (-1,5 mil), mas ainda aquém do registrado em igual mês de 2014 (10,1 mil).

> Trabalho formal no País cresce pelo 6º mês

> Rais: administração pública lidera eliminação de vagas.

> Executivo tem redução de 4,2 mil servidores 

 

No ranking do Nordeste, o Ceará teve o quarto melhor resultado, sendo superado por Bahia (2,2 mil), Alagoas (7,4 mil) e Pernambuco (13,9 mil), que teve o maior saldo não apenas da região, mas de todo o País. Sergipe teve o pior desempenho do Nordeste, com saldo negativo de 584 postos de trabalho.

Na classificação nacional, o Ceará apresentou o sétimo melhor resultado. Após Pernambuco, o melhores saldos de emprego foram de Santa Catarina (8 mil), e Alagoas.

Mudança

Após quatro meses consecutivos em que mais se contrata do que se demite no Ceará - os resultados positivos ocorrem desde junho (133)-, o coordenador de Estudos e Análises de Mercado do Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Erle Mesquita, sinaliza que o mercado de trabalho cearense segue a tendência natural do segundo semestre, tradicionalmente melhor do que o primeiro, mas demonstra sinais de saída da crise.

"Além da sazonalidade, há a necessidade de recomposição da força de trabalho. Nos últimos dois anos (2015 e 2016), o Estado fechou 70 mil postos de trabalho", salienta.

No acumulado de janeiro a setembro, entretanto, o Ceará perdeu 3,9 mil vagas de emprego, resultado de 292 mil contratações e 295,9 mil demissões. "Em igual período do ano passado, tínhamos um saldo negativo de 27,9 mil, o que mostra que a situação não está favorável, mas que houve uma evolução menos negativa", analisa Mesquita. No acúmulo dos últimos 12 meses até o mês de setembro de 2017, o resultado também permanece negativo (-13,7 mil).

O coordenador do IDT prevê que, diferentemente dos dois anos anteriores, o Estado deve atingir um resultado positivo de empregos no fechamento de 2017, embora pequeno.

"A tendência é que nós possamos fechar, se não houver mais nenhuma turbulência (no cenário político e econômico), com mais admissões do que demissões", prevê.

Setores

Dois oito setores da economia cearense que integram o levantamento do Ministério do Trabalho, apenas dois deles mais demitiram do que admitiram no nono mês deste ano. Nos serviços, o saldo, entre contratações e demissões, foi de 179 postos de trabalho a menos. Na atividade extrativa mineral, houve relativa estabilidade (-9).

O setor que mais gerou emprego no Ceará, mesmo com a seca, foi a agropecuária (767), seguida por indústria de transformação (639), comércio (523), construção civil (205), serviços industriais de utilidade pública(159) e administração pública (59).

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

EVENTOS EXTREMOS Ceará é um dos estados mais afetados por clima. Com cerca de 87% do território no Semiárido, o Estado apresenta risco elevado de aridez e de seca de pelo menos 60%.


O estudo evidencia que as mudanças climáticas reduziram a produtividade agrícola no Nordeste
( Foto: André Costa )

 por Honório Barbosa - Colaborador

Iguatu. Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) analisou impactos dos desastres naturais, como seca e inundações, no crescimento econômico do Estado. O trabalho do analista de políticas públicas do órgão, Víctor Hugo de Oliveira, tem por objetivo fornecer evidências sobre as principais consequências de longo período de estiagem ou ocorrência de cheias na economia regional.

O Ceará, aponta o estudo, é um dos estados mais afetados por eventos climáticos extremos no País. Como cerca de 87% do território cearense estão dentro do Semiárido nordestino, com precipitação anual abaixo de 800 milímetros, apresenta risco elevado de aridez e de seca de pelo menos 60%. Além desses fatores geográficos, é um dos Estados mais pobres e que exibe alta vulnerabilidade social.

Segundo Victor Hugo, os desastres naturais possuem efeitos devastadores para o desenvolvimento humano e econômico. Entre 1995 e 2014, quase metade do total de perdas por eventos climáticos extremos ocorreram no Nordeste brasileiro.

Os desastres naturais podem causar migrações, tanto em países pobres, quanto em países ricos. "Tais eventos também afetam a renda e os gastos domiciliares, bem como impactam no mercado trabalho local", observa o pesquisador do Ipece. Outro impacto é o de manter populações vulneráveis presas à armadilha da pobreza extrema.

O estudo demonstra que os países ou regiões desenvolvidas tendem a experimentar baixas perdas econômicas causadas pelos desastres naturais. O analista Víctor Hugo explica que os eventos climáticos extremos provocam os mais frequentes desastres naturais no Brasil, cujas mudanças climáticas em curso podem intensificar a ocorrência e efeitos de estiagem e cheias.

Nordeste

O pesquisador afirma que o Nordeste do Brasil é uma das regiões do mundo que poderá experimentar uma intensificação das secas, como mostram as previsões do relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) de 2012.

A seca verificada entre 2010 e 2016 na região demonstrou que o Brasil ainda sofre com a falta de políticas públicas que promovam uma maior resiliência e preparação para estes tipos de desastres. O estudo evidencia que as mudanças climáticas reduziram a produtividade agrícola no Nordeste e apresenta hipóteses que podem resultar em perda de capital humano e financeiro.

O trabalho destaca que, em duas décadas (1992-2012), esses eventos extremos afetaram 4,4 bilhões de pessoas em todo o mundo, levando 1,3 milhões de vidas e gerando uma perda de US$ 2 trilhões.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

HORÓSCOPO DO DIA 20 DE OUTUBRO DE 2017

Áries 21/03 a 20/04

regente: Marte

Aproveite este momento extremamente favorável para o seu autoconhecimento, pois a associação de Lua, Mercúrio e Júpiter fortalece as emoções que impulsionam sua vida. Procure refletir sobre seus valores e expectativas em momentos mais introspectivos. O gerenciamento financeiro está favorecido.

Touro 21/04 a 20/05

regente: Vênus

Os interesses coletivos se expandem, neste momento em que Lua, Mercúrio e Júpiter se associam no setor de relacionamentos. Boas parcerias intelectuais lhe ajudarão, trazendo dinamismo e criatividade. Procure as melhores companhias, pois as atividades em grupo tendem a ser prósperas.

Gêmeos 21/05 a 20/06

regente: Mercúrio

Reveja seus hábitos e promova melhorias em seu dia a dia, pois Lua, Mercúrio e Júpiter formam conjunção no dia de hoje. Torne sua vida mais dinâmica, pois isso pode deixar o cotidiano bastante agradável. A chave para definir suas prioridades e ações urgentes é o planejamento.

Câncer 21/06 a 21/07

regente: Lua

Sua autoestima e habilidade de lidar com as pessoas são fortalecidas pela intensa concentração de planetas no mesmo signo, formada por Lua, Mercúrio e Júpiter no setor social. Que tal fazer passeios e viagens? Isso lhe trará divertimento e paz interior. Se não for possível, faça o que estiver dentro de suas possibilidades.

Leão 22/07 a 22/08

regente: Sol

Você se mostra mais sensível às demandas dos familiares, pois Lua, Mercúrio e Júpiter se associam no circuito. As boas conversas e seu olhar mais amplo lhe permitem perceber o que precisa melhorar em suas relações. Os problemas mais complexos serão resolvidos se você aliar inteligência e bom-senso.

Virgem 23/08 a 22/09

regente: Mercúrio

Lua, Mercúrio e Júpiter associados estimulam seu poder de comunicação, lhe incentivando a buscar companhias que lhe estimulem intelectualmente. Ainda que as opiniões possam se conflitar, a diversidade se torna interessante, pois enriquece suas ideias. Esteja aberto para novas perspectivas.

Libra 23/09 a 22/10

regente: Vênus

Ao se associarem no setor de finanças, Lua, Mercúrio e Júpiter exaltam seu poder empreendedor, lhe trazendo um período de boas aquisições materiais. Sua visão mais apurada em relação às suas próprias demandas lhe permite uma conciliação com as oportunidades de maneira econômica.

Escorpião 23/10 a 21/11

regente: Plutão (co-regente Marte)

Ao se associarem em seu signo, Lua, Mercúrio e Júpiter dinamizam seu raciocínio, impulsionando as atividades intelectuais. A vida estudantil fica favorecida e você se sente mais seguro quanto às suas próprias ideias. Bom momento para definir estratégias e metas para longo prazo.

Sagitário 22/11 a 21/12

regente: Júpiter

Você se foca na resolução de desafios mais complexos, pois Lua, Mercúrio e Júpiter se aspectam no setor de crise, lhe trazendo um momento de superação. Importantes aprendizados serão alcançados a partir das experiências vividas, o que lhe ajudará a promover em sua vida uma boa reestruturação.

Capricórnio 22/12 a 20/01

regente: Saturno

As atividades em grupo tendem a prosperar, neste momento em que Lua, Mercúrio e Júpiter se aspectam em conjunção na área de amizades. Curta os momentos de diversão, mas perceba que o mais importante é a valorização das ideias e expectativas a partir da união dos pensamentos individuais.

Aquário 21/01 a 19/02

regente: Urano (co-regente Saturno)

Suas ideias brilhantes e seu poder empreendedor são ressaltados pela passagem da Lua pela décima casa e pela associação com Mercúrio e Júpiter. Reveja suas metas e estratégias, pois iniciativas bem estruturadas devem ter bom êxito. Seu futuro deve ser agora semeado com boas sementes.

Peixes 20/02 a 20/03

regente: Netuno (co-regente Júpiter)

Um momento de intensa articulação intelectual é trazido pela aspectação de Lua, Mercúrio e Júpiter na nona casa. Reestruture seus estudos e desenvolva melhor suas metas. É hora de mergulhar de cabeça em sua busca por novidades, pois a expansão de ideias está favorecida neste momento.

© 2006-2017 Todos os direitos reservados
a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

LIMOEIRO DO NORTE-CE​: Polícia Civil de LN faz grande apreensão de drogas.​


A Polícia Civil da Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte, acaba de fazer uma das maiores apreensões de drogas da história de Limoeiro. Inspetores plantonistas  receberam a primeira informação e conseguiram apreender aproximadamente:

↪ ​28,5 kls de maconha;
↪ ​800 gramas de crack;
↪ ​19 munições  cal .38;
↪ ​02 balanças;
↪ ​Objetos para embalar e cortar a droga;
↪ ​Quase 300 reais em dinheiro;
↪ ​E ainda uma moto.

Posteriormente foi solicitado o apoio de agentes da Equipe Cão que realizaram a prisão de ​Joel Ribeiro da Silva,​ que foi preso em flagrante e assumiu ser o dono da droga. A prisão ocorreu no momento em que Joel chegava no apartamento localizado na rua Raimundo Felipe Neto, bairro Santa Luzia.

{Fonte: Polícia Civil de Limoeiro do Norte, em uma ação conjunta com a Equipe Cão}

VAGAS ​Oportunidade de Emprego​ ​(Aracati, Limoeiro, Morada Nova e Russas)​ 20/10/2017 6ª Feira

VAGAS
Oportunidade de Emprego
(Aracati, Limoeiro, Morada Nova e Russas)
20/10/2017   6ª Feira   📅

Noite sangrenta em Fortaleza. Duas adolescentes foram assassinadas e um bebê baleado

No bairro José Bonifácio, uma adolescente de 12 anos foi morta e um bebê de 3 meses baleado

Duas adolescentes foram assassinadas e um bebê e sua mãe baleados em uma noite de violência em Fortaleza nesta quarta-feira (18). A Capital cearense e sua região metropolitana registraram, ainda, outros seis homicídios, a maioria com características de execução sumária. No Interior foram mais três assassinatos aconteceram, nos Municípios de Sobral, Palhano e Acopiara.

Era 21h30 quando quatro homens armados desembarcaram de um carro na esquina das ruas Barão de Aratanha e Joaquim Magalhães, no bairro José Bonifácio, na zona central de Fortaleza, e passaram a atirar contra várias pessoas que estavam sentadas na calçada de uma residência. Uma adolescente de 12 anos, identificada por Ana Lívia Aguiar Mendes , foi atingida por vários disparos e teve morte imediata.

Insatisfeitos, os criminosos atiraram também noutra mulher, que seria a mãe de Lívia, e que estava sentada com um recém-nascido no colo. A mãe recebeu um tiro na perna e a bala transfixou atingido o bebê de raspão na cabeça.  A criança e a avó foram socorridas por uma patrulha do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

Outra

Cerca de 20 minutos depois, às 21h50, outra adolescente foi assassinada, a tiros, dentro de um ônibus que fazia a linha Genibaú2/Antônio Bezerra, O crime ocorreu quando o veículo trafegava pela Rua Moçambique. Bandidos armados invadiram o coletivo e mataram a garota com dois tiros na cabeça. A jovem morta foi identificada apenas por Raissa.

Segundo o relato de um motorista, que preferiu não se identificar por temer represálias, no trecho da linha onde ocorreu o assassinato da passageira, os criminosos costumam invadir os ônibus. Armados, eles obrigam os condutores a abrir as portas traseira e dianteira  e atacam as pessoas.  Contudo, a Polícia suspeita que os criminosos estavam à caça da garota.

Mais crimes

Ainda à tarde, mais um crime de morte foi registrado em Fortaleza. Um homem acabou sendo executado a tiros quando estava num ponto de ônibus na Avenida Perimetral, no bairro Dom Lustosa, próximo ao Terminal de Antônio Bezerra, na zona Oeste da cidade.

E  também na noite de ontem, um bandido – não identificado – que praticava assaltos na Via Expressa, no bairro Mucuripe, acabou sendo baleado e morto por desconhecidos. Com ele, a Polícia encontrou vários objetos que seriam produtos de roubos, como carteiras e celulares.

Já na Região Metropolitana de Fortaleza, ao menos, três homicídios foram registrados na quarta-feira. No Município de Horizonte, um corpo do sexo masculino foi encontrado em um matagal na periferia da cidade. A vítima foi morta a tiros e decapitada. A cabeça do morto não foi encontrada. Bandidos de uma facção criminosa filmaram a execução e postaram imagens nas redes sociais.

Em Pacajus, um homem foi executado, a tiros, na Rua Antônio Xavier Almeida, no bairro Aldeia Park. A vítima, identificada apenas por “Cãozinho”, foi morta com tiros na cabeça e nas costas.

Em Caucaia, um jovem foi assassinado, na noite de ontem, no bairro Picuí.

Interior

No Município de Acopiara, na região Centro-Sul do estado (a 340Km de Fortaleza). , uma jovem identificada como Socorro, foi morta, a tiros, dentro de sua residência, na Rua da Barragem, na periferia da cidade.

Em Palhano (a 153Km de Fortaleza), um homem identificado como Antônio Gurgel de Oliveira, 28 anos, foi assassinado, no começo  da tarde de ontem (18), na porta de sua residência, no Distrito de São José, na Zona rural. Criminosos fugiram em um carro não identificado.

No Distrito de Jaibaras, Município de Sobral, na zona Norte do estado (a 224Km de Fortaleza), os moradores encontraram o corpo de um homem dentro do matagal. A vítima, ainda não identificada, foi morta com vários tiros. O crime ainda está sob mistério. 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

Bandidos apedrejam carros e causam pânico no Lagamar contra operação da PM


Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

3990 Atualizado em 19/10/2017


Vários carros tiveram o parabrisa quebrado pelas pedras arremessadas pelos bandidos

Bandidos atiraram pedras contra veículos que trafegavam na noite de ontem (18) na Avenida Governador Raul Barbosa, entre o Lagamar e a Aerolândia, em Fortaleza, causando pânico entre os motoristas e passageiros dos automóveis que passavam pelo local, por volta de 21 horas. Segundo a PM, seria uma retaliação de traficantes de drogas por conta de mais uma operação policial que estava sendo realizada na área em busca de drogas e armas.

O pânico atingiu os ocupantes dos veículos. Alguns usaram aplicativos para narra o que estava acontecendo. Outros filmaram a ação dos delinqüentes e os momentos de pavor quando os carros eram atingidos e os vidros quebrados. Para alguns, o que acontecia era uma tentativa de “arrastão”. As pedras eram a forma que os criminosos usaram para tentar parar os veículos.

O comandante do policiamento da área, major Hideraldo Bellini, do 22º BPM (Papicu), confirmou que no momento do incidente estava ocorrendo uma blitz nas ruas do Lagamar.  A PM estava em busca de localizar drogas e armas escondidas por traficantes em algumas residências.  Segundo o oficial, em represália à presença da tropa, os criminosos foram até a Avenida Raul Barbosa e passaram a provocar um tumulto com a intenção de forçar a PM a sair da comunidade e ir conter o ataque na avenida.

Ocupação

Recentemente, o bairro do Lagamar passou por um uma temporada de tiroteios e assassinatos diariamente, por conta da guerra entre duas facções criminosas. Cartazes foram colocados nas portas de residências e pontos comerciais sobre as regras que os moradores deveriam obedecer por imposição da facção GDE (Guardiões do Estado).

A Polícia Militar então reagiu e iniciou uma ocupação na área, fato que já resultou, segundo o major Bellini, na apreensão de muitas drogas, armas de fogo, munição, dinheiro da venda de entorpecentes, além de veículos roubados e clonados. 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

4º MÊS DE SALDO POSITIVO Ceará cria 2,1 mil empregos; melhor setembro em 3 anos. Resultado decorre de 30,7 mil admissões contra 28,6 mil desligamentos no nono mês deste ano.

A agropecuária foi o setor da economia cearense que teve o melhor resultado na geração de empregos, com saldo positivo de 767 postos, segu...