segunda-feira, 24 de julho de 2017

VAGAS ​Oportunidade de Emprego​ ​(Limoeiro, Russas e Aracati)​ 25/07/2017 3ª Feira

VAGAS
Oportunidade de Emprego
(Limoeiro, Russas e Aracati)
25/07/2017   3ª Feira   📅

EM MARABÁ Suspeito de mandar executar 'Xico Canuto' é preso no Pará. Adolescente recebeu 15 gramas de cocaína para executar o comerciante sob orientação do suspeito.

Elckyson Matheus Muniz de Sousa havia discutido com 'Xico Canuto', na noite anterior ao assassinato ( Foto: Thiago Gadelha )Xico Canuto havia discutido com o mandante do crime dias antes da execução por não permitir o tráfico de entorpecentes nas proximidade do seu estabelecimento comercial

Polícia do Estado do Paráprendeu, na noite do último domingo (23), o suspeito de ser mandante do assassinato do empresário 'Xico Canuto', proprietário do bar ‘Bicho Papão’, no último dia 3 de julho, na Praia de Iracema. Elckyson Matheus Muniz de Souza, 20 anos foi capturado no município de Marabá, após roubar uma motocicleta.

Conforme a investigação, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) chegou ao nome do acusado após depoimento doadolescente autor dos três disparos contra a vítima. O menor de idade recebeu 15 gramas de cocaína para executar o comerciante sob orientação do suspeito.

De acordo com o delegado Renato Almeida, titular da 1ª Delegacia da DHPP, Xico Canuto havia discutido com o mandante do crime dias antes da execução por não permitir o tráfico de entorpecentes nas proximidade do seu estabelecimento comercial, fato que pode ter motivado a ocorrência. 

Elckyson Matheus Muniz de Souza estava no Pará desde o dia 9 de julho, quando fugiu da Capital para casa de familiares. No último domingo (23), a Delegacia Regional de Marabá acabou prendendo Elckyson em flagrante, por roubo de uma motocicleta. 

Segundo o diretor da DHPP,delegado Leonardo Barreto, o suspeito está detido no Pará e deve responder por roubo, homicídio duplamente qualificado e corrupção de menor. 

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

PELO ESTADO ISLÂMICO ´Fui estuprada todos os dias por 6 meses´: O inferno de jovem transformada em escrava sexual.


Pelo Estado Islâmico
Do Miséria

 

Ekhlas, uma jovem iraquiana da minoria yazidi, vive hoje em um hospital psiquiátrico na Alemanha. Não é o ideal, mas pelo menos mais seguro do que seu último destino, no norte do Iraque. 

"Minha vida era bonita, mas duas horas a mudaram completamente", contou ela a Fiona Lamdin, do programa Victoria Derbyshire, da BBC.

"Eles vieram com sua bandeira negra. Mataram os homens e estupraram as meninas."

Em agosto de 2014, a aldeia de Ekhlas foi atacada por militantes do grupo que se autodenomina Estado Islâmico. Muitos homens foram mortos. Mulheres e crianças, capturadas.

Ela, então com 14 anos, e sua família tentaram escapar pelas montanhas, mas não chegaram muito longe.

"Mataram meu pai diante dos meus olhos. Vi o sangue dele em suas mãos." 

Sequestro e estupro

Quando capturaram sua família, os militantes do Estado Islâmico separaram Ekhlas da mãe e a colocaram em uma prisão.

"Tudo o que escutava eram gritos, choro. Todos estávamos com fome, eles não alimentavam ninguém", disse ela.

"Vi um homem de mais ou menos 40 anos sobre uma menina de 10. A menina gritava."

"Nunca me esqueci desses gritos. Ela dizia ´mamãe, mamãe...´, mas não conseguimos fazer nada."

A jovem foi escolhida por um militante entre um grupo com 150 adolescentes.

"Era tão feio, como um monstro, com cabelos compridos. Cheirava tão mal... tinha tanto medo que não conseguia olhá-lo."

"Me estuprou todos os dias, durante seis meses. Tentei me matar", relatou a adolescente ao programa da BBC.

"Como consigo contar tudo isso sem chorar? Fiquei sem lágrimas", concluiu. 

Na Alemanha

Um dia, aproveitando que seu sequestrador estava no campo de batalha, Ekhlas conseguiu escapar. Foi levada a um campo de refugiados e lá conheceu Jaqueline Isaac, uma advogada americana encarregada de realocar jovens em países da União Europeia.

"Quando a conheci, não fazia contato visual", relata a advogada.

Atualmente, entre 2 mil e 4 mil jovens yazidis estão em poder do EI.

Quase três anos após ser sequestrada, Ekhlas está hoje em um centro de apoio psiquiátrico. Frequenta a escola e participa de terapia em grupo para crianças e adolescentes refugiados.

"Focamos em certas emoções, como amor, paz e felicidade, para lidar com o medo, a ansiedade e outras emoções negativas", diz um dos terapeutas que faz parte da equipe multicultural e disciplinar que atende os jovens.

Uma das meninas que frequenta a instituição, de 13 anos, também foi sequestrada pelo Estado Islâmico. Hoje só se comunica por meio de desenhos e sinais e não sabe se seus pais estão vivos. 

Outro tinha apenas sete anos quando seus pais foram sequestrados. Desde então já se passaram três anos.

Sua mãe foi vista há alguns meses em um campo no Iraque, depois de escapar do cativeiro.

Durante sua última sessão de meditação, ele imaginou que todos os seus familiares estavam livres e que comemorava com a mãe o fato de estarem todos novamente reunidos.

Ekhlas, por sua vez, voltou a olhar as pessoas nos olhos, canta e quer ser advogada.

"Você pode pensar que sou forte como uma pedra, mas quero que saiba que estou ferida por dentro. Minha dor é como a de cem mortes." 

Terra

LIMOEIRO DO NORTE EM LUTO COM O FALECIMENTO DE JOÃOZINHO DA COELCE

Recebemos a informação que faleceu em decorrência de um infarto JOÃOZINHO DA COELCE uma pessoa muito querida em Limoeiro do Norte.

Trabalhou por muitos anos na Coelce, foi candidato a vereador por varias vezes em Limoeiro, inclusive recebendo boa votação. Atualmente Joãozinho estava trabalhando na prefeitura, sendo o responsável pela iluminação publica e coordenando a equipe com as reposições das lampadas dos postes queimadas.

A Informação é que o mesmo sentiu se mal pela manha e foi levado ao Hospital de Limoeiro, sendo transferido para fortaleza e não resistiu vindo a falecer.

Outra informação é que o mesmo estava fazendo uma cirurgia de cateterismo e não resistiu.

Nossos sentimentos a todos os Familiares e Amigos nesse momento tão difícil que Deus possa confortar o coração de todos.

DENTRO DO VEÍCULO Motorista da Uber é executado a tiros em Fortaleza, e categoria realiza protesto. Principal suspeita da Polícia é que a vítima tenha desrespeitado a "lei" da facção criminosa que domina o tráfico de drogas na área.

Revoltados com a morte do companheiro, dezenas de motoristas da Uber realizaram manifestação pelas ruas de Fortaleza, pedindo segurança e a regularização do aplicativo
( Foto: Kid Júnior )
Guilherme Maia morreu dentro do seu próprio veículo, com pelo menos 8 tiros
( Foto: Reprodução )

Um motorista da Uber foi executado a tiros, dentro do seu próprio veículo, na noite do último domingo (23), no bairro Ancuri, em Fortaleza. A principal suspeita daPolícia Civil é de que Guilherme Maia, de 22 anos de idade, tenha sido alvo de facções criminosas.

Segundo a delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ana Victória Almeida, a vítima pode ter desrespeitado a "lei" da facção criminosa que domina o tráfico de drogas na área. Guilherme andava em um veículo Fiat Siena de cor prata, com com as janelas fechadas e fumê muito escuro. De acordo com a "lei" local, os motoristas devem andar com as janelas baixas, para serem identificados.

Guilherme foi atingido por cerca de 8 tiros e morreu no local. Equipes da DHPP e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) colheram provas para a investigação do crime.

Revoltados com a morte do companheiro, dezenas de motoristas da Uber realizarammanifestação pelas ruas de Fortaleza, pedindo segurança e a regularização do aplicativo, durante esta segunda-feira (24). Em carreata, vários veículos passaram por avenidas como a do Aeroporto e a Desembargador Moreira, antes de pararem em frente ao escritório da empresa, na Rua Gilberto Studart, bairro Cocó.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

SERTÃO CENTRAL CEARENSE Disputa pelo tráfico deixa um morto e dois baleados na cidade de Quixeramobim. Uma segunda-feira, 24, movimentada na região Central do Ceará, com assalto em Ibicuitinga, e homicídio em Quixeramobim, além de duas pessoas baleadas na cidade de Quixadá. Em Quixeramobim, um tiroteio ceifou a vida de um homem e outros dois estão baleados.


Roberto Barbosa do Nascimento teve morte ainda no local

Uma segunda-feira, 24, movimentada na região Central do Ceará, com assalto em Ibicuitinga, e homicídio em Quixeramobim, além de duas pessoas baleadas na cidade de Quixadá. Em Quixeramobim, um tiroteio ceifou a vida de um homem e outros dois estão baleados.

Os disparos aconteceram na tarde desta segunda-feira, no Mutirão do bairro Pompeia, quando homens armados abordaram Roberto Barbosa do Nascimento, 24 anos, Hugo Sousa de Oliveira, 21, e Francisco Héliton Barbosa-Etim, 27, sendo que o primeiro não resistiu e morreu no local, enquanto os dois últimos estão recebendo atendimento no Hospital de Quixeramobim.

Conforme a polícia, o crime tem ligação com o tráfico de drogas, mas não sabe ainda detalhes se as vítimas têm envolvimento. Equipes da Polícia Militar fazem buscas com o objetivo de capturar os assassinos.

A Polícia Civil tendo como titular o delegado André Firmino já faz levantamentos iniciais para desvendar o crime. As duas vítimas da tentativa não correm risco de morte.

A princípio, a polícia sabe que o caso tem ligação com o crime organizado que disputa território do bairro Pompeia, um dos mais violentos de Quixeramobim.

Copyright © 2017 -Revista Central. Todos os direitos reservados / contatos@revistacentral.com.br / (88) 9 9909-9512

SOCORRIDAS A UPA Quixadá: Duas pessoas são baleadas em tiroteio no bairro Campo Novo; criança de 12 anos estar entre as vítimas. Duas pessoas foram baleadas no final da tarde desta segunda-feira (24) no bairro Campo Novo em Quixadá.


Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 16h:30min na Rua do Arame, um jovem de apenas 19 anos de idade foi tentar executar um desafeto, um homem de 34 anos de idade, porém acertou duas pessoas que nada tinham haver e que não seriam os principais alvos dos disparos, sendo atingidas a esposa e a sobrinha de apenas 12 anos de idade daquele que era o alvo do acusado. No local foram encontradas várias cápsulas de pistola .40.

A mulher foi atingida na perna direita e a criança levou um tiro em cada pé. As duas vítimas foram encaminhadas a Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Quixadá e não correm risco de morte.

O acusado de efetuar os disparos foi identificado e já está sendo procurado pela polícia, porém até o momento não foi preso.

© 2017 MonólitosPOST | O Ceará se informa aqui!

VAGAS ​Oportunidade de Emprego​ ​(Limoeiro, Russas e Aracati)​ 25/07/2017 3ª Feira

VAGAS ​ Oportunidade de Emprego ​ ​ (Limoeiro, Russas e Aracati) ​ 25/07/2017   3ª Feira   📅