sábado, 6 de fevereiro de 2016

636 guarda-vidas atuarão no Ceará neste Carnaval

Com o fluxo intenso de visitantes em diversas cidades do Interior, o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBM) alerta que o risco de afogamento não está só nas praias. Alguns açudes, que voltaram a encher com as últimas chuvas, também são locais em potencial para ocorrências de afogamentos. Para evitar possíveis incidentes, o plano de operação para o Carnaval contará com 636 homens em todo o Estado, 180 postos de guarda-vidas e viaturas de emergência e salvamento aquático.

Entre as principais dicas estão nadar em áreas com a presença de guarda-vidas, entrar na água em companhia de outras pessoas e evitar ingerir bebidas alcoólicas ou alimentos pesados antes e durante o banho de mar ou açudes. O coordenador de operações do CBM, coronel Carlos Viana, aconselha aos pais que fiquem atentos às crianças. “O melhor guarda-vida da criança é o pai e o melhor guarda-vida do adulto é o bom senso”, afirma.

Ainda de acordo com o coordenador, no Carnaval de 2015 não houve óbito por afogamento no Estado. Durante solenidade de apresentação do plano de operações, o coronel Viana pediu aos homens da equipe de salvamento aquático que “redobrem os esforços” a fim de assegurar a vida dos banhistas cearenses e turistas que visitam o Estado no período.

O Corpo de Bombeiros fez ainda uma simulação de salvamento aquático para mostrar o trabalho do guarda-vida e os equipamentos e veículos que podem ser utilizados durante o atendimento a vítimas.

O serviço de guarda-vidas deverá funcionar das 8h às 17 horas, podendo em algumas situações de risco ser prolongado até as 19 horas. Para as ocorrências, o Corpo de Bombeiros utilizará equipamentos e veículos para o salvamento de vítimas. Além de motos e jipes com tração 4x4, haverá embarcações de salvamento aquático, como botes infláveis, lanchas e motos aquáticas.

Dicas

Nade apenas em áreas com guarda-vidas

Mergulhe em águas que você já conhece

Antes de entrar na água, informe-se sobre as condições para banho

Respeite os avisos dos guarda-vidas

Procure nadar com outras pessoas

Evite nadar em locais próximos de onde o rio deságua no mar, de pilares de plataformas de pesca, pontes e ancoradouros

Evite ingerir bebidas alcoólicas ou alimentos pesados antes e durante o banho 

Serviço

Em caso de afogamento, ligue para o Corpo de Bombeiros pelo número 193

O Povo Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário