quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Assaltante cobre tornozeleira com papel alumínio durante roubos em MT

Para tentar esconder tornozeleira, rapaz cobria equipamento com papel alumínio (Foto: Polícia Civil/ Primavera do Leste - MT)Para tentar esconder tornozeleira, rapaz cobria equipamento com papel alumínio (Foto: Polícia Civil/ Primavera do Leste - MT)
Um assaltante morreu e outro ficou ferido durante confronto com policiais militares em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, nesta terça-feira (9). Eles tinham cometido três assaltos seguidos e tentavam fugir em uma motocicleta, segundo a Polícia Militar. Um deles, que sobreviveu, usava tornozeleira eletrônica.
Mesmo ferido na perna, ele ainda tentou fugir, mas, ao tentar pular o muro de uma residência, não conseguiu e foi pego pelos policiais.
O equipamento de monitoramento estava coberto com papel alumínio para tentar dificultar a localização dele durante o crime, de acordo com a Polícia Civil.
O rapaz, que tem 31 anos, tinha sido preso em 2014 por tráfico de drogas e tinha sido solto há pouco mais de três meses. De acordo com o delegado Rafael Fossari, da Polícia Civil, ele tinha que cumprir algumas regras estabelecidas para a concessão da liberdade com o monitoramento.
"Ele deveria se recolher na residência dele até as 22 horas, não pode frequentas alguns locais, como bares, casas de jogo, tem que se apresentar mensalmente no Fórum e comunicar qualquer problema com a tornozeleira. Nesse caso, ele cobriu ela com papel alumínio para dificultar a captação do sinal", explicou o delegado.
Quando ocorre algum assalto cometido por alguém que usa tornozeleira, a polícia tenta identificá-lo e prendê-lo, mas, nesse caso, o sistema de monitoramento não consegue captar o sinal da tornozeleira, dificultando o trabalho da polícia.
Armados com duas pistolas, os assaltantes teriam roubado três pessoas em diferentes pontos da cidade durante a madrugada de terça-feira.
As vítimas procuraram a polícia e informaram as característas dos suspeitos e da motocicleta usada nos crimes. Com isso, a PM começou as buscas, até que localizou os suspeitos, que tentaram fugir. Na fuga, eles caíram da moto, atiraram contra os policiais e se esconderam em em um matagal num terreno baldio.
Nesse matagal, eles continuaram atirando e, no confronto, os dois ficaram feridos e foram socorridos. No entanto, um deles morreu e outro foi socorrido e depois encaminhado à delegacia de Polícia Civil. 
À polícia, ele disse que o rapaz que morreu tinha uma arma de fogo e o convidou para cometer um roubo porque estavam precisando de dinheiro e ele aceitou.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário