segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Família de pistoleiro acusa comandante da PM de degolar pai inocente

O corpo do pai do pistoleiro William Diogenes, Washington de Araújo, agricultor, idoso, foi encontrado, neste domingo (28), degolado na zona rural de Jaguaribara. Sua filha, Rosângela Ueslei, usou as redes sociais para denunciar a participação da Polícia Militar do Ceará no assassinato de seu pai.

Segundo publicou Rosangela, sequestraram seu pai da residência em Curupati, Jaguaribara, às 2h da manhã deste domingo.Ela afirma que o comandante da Companhia do Jaguaribe, Capitão Mario, é o responsável pelo sequestro em retaliação ao seu irmão, William Diogenes, que é suspeito de envolvimento com a morte do soldado Hudson, em janeiro.
Vingança anunciada
Com a morte de seu pai, William avisou que dará o troco: a expectativa é que três pais de policiais militares serão assassinados como vingança.
Esse clima de guerra no Vale do Jaguaribe foi comunicado ao secretário Delci Teixeira. Não se sabe se ele repassou o ambiente de terror ao governador Camilo Santana ou silenciou.
Ceará Agora

Em resposta a acusação, informaram-nos, de uma investigação por parte dos orgão de segurança, já bem avançadas da morte do pai do pistoleiro William Diógenes tendo como possíveis autores a quadrilha comandada por J. A. do Vale Jaguaribe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário