quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Oito bebês morrem por microcefalia associada ao vírus zika no Ceará, um em Russas

Oito bebês  morreram no Ceará por infecções e malformações congênitas decorrentes de microcefalia associado ao vírus zika. As mortes ocorreram nos municípios de Fortaleza (3), Jucás (1), Maracanaú (1), Morrinhos (1), Russas (1) e Tejuçuoca (1). Outros dois óbitos estão sendo investigados em Canindé e Crateús. As informações são do Boletim Epidemiológico divulgado na sexta-feira (5) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa).
De acordo com o boletim, até o dia 4 de fevereiro foram notificados 275 casos de microcefalia no Ceará, identificados em 67 municípios. Do total, em 11 foi confirmada a relação entre a malformação do crânio da criança e o vírus contraído pela mãe durante a gestação. Em outros 254 casos, ainda se investiga se a microcefalia tem, ou não, relação com o vírus zika.
No sábado (13), o dia nacional de mobilização contra o mosquito. Cerca de 220 mil militares das Forças Armadas percorrerão 356 municípios pelo país considerados “endêmicos” pelo Ministério da Defesa.
OMS
A Organização Mundial da Saúde (OMS) orientou nesta quarta-feira (10) mulheres em áreas com a presença do vírus da zika a se protegerem, especialmente durante a gravidez, cobrindo o corpo contra mosquitos e praticando sexo seguro com seus parceiros.

A OMS acrescentou que as práticas sexuais seguras contra o zika incluem o uso correto e regular de preservativos, que considerou o método mais efetivo para a proteção contra doenças sexualmente transmissíveis. O vírus da zika foi achado no sêmen humano e estudos apontam para a possibilidade de transmissão desta doença pela via sexual, lembrou a OMS.
Os ministros Jaques Wagner (Casa Civil), Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) e Marcelo Castro (Saúde), se reuniram nesta quarta-feira (10) para discutir novas tecnologias de combate ao mosquitoAedes aegypti, transmissor do vírus da zika. O vírus, segundo pesquisas científicas, está por trás do aumento de casos de microcefalia no país.
A reunião entre os três ministros durou cerca de uma hora e meia e não houve anúncio ou entrevista coletiva por parte deles. Segundo assessores de Wagner, na reunião, eles discutiram como alinhar ações entre institutos de pesquisa brasileiros e norte-americanos a fim de desenvolver os estudos necessários para que possa ser criada uma vacina contra o vírus da zika.
Microcefalia
A microcefalia é uma condição rara em que o bebê nasce com um crânio de um tamanho menor do que o normal – com perímetro inferior ou igual a 33 centímetros. A condição normal é de que o crânio tenha um perímetro de pelo menos 34 centímetros. Essas medidas, no entanto, valem apenas para bebês nascidos após nove meses de gestação, e não são referência para prematuros.

Na maior parte dos casos, a microcefalia é causada por infecções adquiridas pelas gestantes, especialmente no primeiro trimestre de gravidez – que é quando o cérebro do bebê está sendo formado. De acordo com os especialistas, outros possíveis causadores da microcefalia são o consumo excessivo de álcool e drogas ao longo da gestação e o desenvolvimento de síndromes genéticas, como a síndrome de Down.

G1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário