quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Polícia indicia e pode mandar para a cadeia 12 pessoas que lincharam tarado

Terça-Feira  23.2.2016 051O inquérito policial identificou 10 adultos e dois adolescentes como envolvidos na morte do estuprador

Doze pessoas foram indiciadas em inquérito policial e podem ir parar na cadeia, em breve, por terem participado do linchamento de um jovem. O caso inédito nos arquivos da Polícia Civil (indiciamento por linchamento) em Fortaleza aconteceu depois da descoberta de que a vítima, de 20 anos, teria violentado uma criança de apenas 8 anos de idade. O crime foi filmado.
O suspeito do crime sexual, identificado como Clayton Oliveira de Sousa, acabou sendo seqüestrado de dentro casa  de sua avó, na comunidade Areal, no bairro Aerolândia, na tarde do dia 1º de janeiro último, e arrastado até o bairro vizinho, Dias Macedo, onde foi morto por meio de espancamento, teve dedos cortados e até uma motocicleta passou várias vezes por cima do corpo da vítima.
O assassinato ocorreu por volta de 16h30 na Travessa  João Fonseca, no bairro Dias Macedo, onde mora a criança que teria sido abusada sexualmente.  O grupo de agressores, todos jovens, fez questão de filmar a execução do suposto tarado e divulgou as imagens do crime nas redes sociais. E foi a partir dessa postagem que a Polícia Civil identificou os envolvidos.
O inquérito foi concluído pelo delegado Wilder Brito Sobreira, titular do 16º DP (Dias Macedo).  Ele afirma que, através de uma análise das imagens postadas nas redes sociais, identificou, um a um, os envolvidos no linchamento. “Chamamos a família da vítima e juntos realizamos este trabalho. À cada pessoa identificada, esta era chamada para depor e outros envolvidos eram citados. Chegamos no fim da investigação com todos indiciados”, ressaltou.
Nomes
Dos 12 agressores, 10 são adultos e dois menores de idade. Por conta disso,  Wilder Brito remeteu cópias do inquérito à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) para os dois menores que participaram do assassinato sejam também responsabilizados, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (DCA).
Os dez adultos indiciados pelo crime são: William dos Santos Oliveira, Francisco Claubiano Firmino, José Wellington Menezes Jerônimo, Miguel Marcelo Pereira Paes, José Bruno da Silva Marques, Bruno Sérgio de Moura e Silva, José Alexandre Moreira, Álisson Manuel da Silva do Nascimento, Cleana Rodrigues Maurício e Carlos Bruno de Souza Cordeiro.

Blog Fernando Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário