quarta-feira, 9 de março de 2016

Ceará irá ceder 90 PMs para segurança das Olimpíadas do Rio de Janeiro

Cem profissionais de segurança do Ceará – sendo noventa policiais e dez bombeiros militares– serão cedidos pelo governo do Estado para atuarem na segurança dasOlimpíadas do Rio de Janeiro. O envio de policiais motivou críticas do deputado Capitão Wagner (PR), que cobrou uso do contingente para combater onda de criminalidade na Capital.


“Parece até que em Fortaleza está uma tranquilidade. Era para fazer o contrário, trazer a Força Nacional para cá”, disse Wagner. “Lógico que (a vinda da Força Nacional) é um paliativo, mas até que o Governo possa dar continuidade aos concursos da Polícia Civil e Militar e de outras instituições da segurança, essa medida é necessária”, concluiu.



Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os servidores cedidos estão sendo capacitados em curso específico para grandes eventos. A pasta destaca que, além do legado de formação para os profissionais, a parceria também trará legado material, com recebimento de viaturas, armamentos, munições, coletes, escudos e capacetes balísticos.


Atualmente, o efetivo de policiais militares no Ceará é de cerca de 20 mil. Após atuação no evento, os 90 PMs e 10 bombeiros capacitados seriam empregados em batalhões especializados de suas respectivas entidades.



O Povo


Nenhum comentário:

Postar um comentário