domingo, 13 de março de 2016

Deputada Estadual Cearense gastou com combustível em 2015 o necessário para dar 7 voltas no planeta terra

Deputada Rachel Marques, PT-CE.

Para desempenhar seu mandato, a Deputada Rachel Marques (PT) recebe transporte, combustível, alimentação, telefone, plano de saúde e até revistas e periódicos, tudo às custas do dinheiro público. Para efeito de justiça, ela não é a única. Quem garante tais regalias aos deputados é a chamada Verba de Desempenho Parlamentar, ou simplesmente VDP.

Ao passo que alguns parlamentares se esforçam para gastar o mínimo possível, mostrando considerável razoabilidade e respeito pelos recursos do povo, outros gastam tudo o que podem.

Veja os benefícios concedidos aos deputados pela VDP:




No interesse da principal base eleitoral de Rachel Marques em Quixadá, o Monólitos Post radiografou o uso que a deputada petista fez da VDP no ano de 2015, o que pode ser bastante revelador, conforme apresentamos a seguir. Os dados são públicos e constam no portal da Assembleia Legislativa do Ceará.

O que chama a atenção nos gastos da deputada Rachel Marques é, principalmente, aquele relacionados com combustível.

Para se ter uma ideia, o gasto médio mensal da deputada com combustível é R$ 6.000,00, o que equivale a R$ 72.000,00 anual. Com este valor, é possível comprar aproximadamente 18 mil litros de gasolina. Considerando um veículo que faça 15 km com um litro, é como se a parlamentar tivesse gasto a quantidade necessária para percorrer 270.000 km. A circunferência do planeta terra é de 40.075 km. Isto significa que, com o que gastou de combustível às custas do dinheiro público, a Deputada Rachel Marques poderia ter dado quase sete voltas ao redor da terra, e isto em apenas um ano de mandato.

Rachel Marques também gastou R$ 51.840,00 com locação de veículos, valor suficiente para comprar dois carros populares.

Mas nem só de carro viaja uma deputada. A parlamentar petista também gastou em 2015 o valor de R$ 22.496,67 com passagens aéreas.

Os gastos com alimentação também surpreendem. Para desempenhar seu mandato, a petista gasta uma média mensal de R$ 4.166,00 com vale alimentação e vale refeição. O valor equivale ao que é necessário para comprar quase seis mil quentinhas, considerando o valor médio delas em Quixadá. Isto seria suficiente para alimentar por um dia metade da população escolar do ensino público no município de Quixadá.

O cidadão comum também pode ficar surpreso ao considerar que, apesar de estar sujeito a um sistema de saúde precário e falho, ele banca um generoso plano de saúde para a Deputada. Em 2015, os cidadãos pagaram R$ 14.574,63 para assegurar os melhores cuidados em saúde para a parlamentar. O valor é superior ao que o cidadão comum acumula, durante todo o ano, com seu singelo salário mínimo.

Vale ressaltar que todos estes valores são à parte do salário da deputada, que hoje está em torno de R$ 22 mil por mês, ou quase R$ 300.000,00 por ano.


Estes e outros gastos de Rachel Marques aparecem na tabela a seguir:

(clique na imagem para visualizar melhor)
Monólitos Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário