segunda-feira, 21 de março de 2016

Dois presos são estuprados por seis colegas de cela na Cadeia Pública de Mossoró

Presos negam estupros, mas asumem que houve agressão fisica e moral
Um caso não muito comun na área policial, aconteceu na manhã desta segunda feira 21 de março de 2016. Seis presos provisórios da Cadeia Pública de Mossoró, foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia Civil, acusados de estupro contra dois detentos dentro de cela daquela Unidade Prisional. 

O caso chegou ao conhecimento da direção do presídio na manhã de hoje e logo foram tomadas as providências de encaminhá-los a Polícia Judiciária para procedimento.

O diretor da Unidade Prisional, José Fernandes,informou que as supostas vítimas lhe procuraram e relataram que antes de serem estupradas foram obrigadas a vestir roupas íntimas. Alem da violência sexual,os dois detentos também sofreram agressão física.

Na presença do Dr. Caetano Balmam, delegado titular da Segunda Distrital,os presos negaram a prática de estupro, mas confirmaram que houve agressão física e que obrigaram os dois a usarem roupas ínitimas.

Os dois presos vítimas do abuso sexual, foram encaminhados ào Itep para exames de corpo delito. Os acusados foram autuados por estupro, são eles: Diego Soares de SouzaTiago Lima Pereira,Antônio Marcos Soares Nogueira, Alexandre da SilvaMagno Kennedy Ferreira da Silva eMarcos Emanuel Moreira Almeida.

Os dois detentos sofreram abuso sexual dentro da Cadeia.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário