sexta-feira, 8 de abril de 2016

Futuros delegados da Polícia Civil participam de treinamento de tiro defensivo

tiro de defesa delegadosDepois de 18 horas de instrução sobre armamentos e equipamentos letais e menos letais, estudando sobre os diversos tipos e funcionamento de armas e munições utilizadas pelas forças de segurança do Estado, os alunos do curso de formação para delegados de 1ª classe da Polícia Civil participam de treinamento prático de tiro policial defensivo. As instruções, promovidas pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), acontecem no clube de tiro Sniper e capacitam os novos policiais para usar a arma de fogo seguindo os princípios da legalidade, necessidade, razoabilidade e proporcionalidade.
Segundo o Tenente-coronel PM Jano Emanuel Marinho, que atua como instrutor de tiro da Polícia Militar do Ceará há mais de 20 anos, o treinamento prepara o futuro delegado para agir em ações policiais com eficiência e segurança. “Nosso objetivo é prepará-los para o serviço de rua, onde eles vão ter que portar, e quando houver necessidade, usar uma arma de fogo. Então é muito importante que eles conheçam como é o mecanismo de funcionamento da arma, como é que se faz um bom disparo, tudo isso dentro da técnica policial e com muita responsabilidade”.  O oficial explica as técnicas e táticas repassadas. “Eles estão treinando tiro em pé, de joelhos, sentado, barricada à direta, barricada à esquerda, tiro com uma mão só, troca de carregador com uma mão só. Todas as técnicas que a gente sabe que o policial pode precisar empregar na atividade de rua, a gente repassa aqui, nos ensinamentos da Academia”, pontua.
O treinamento tem uma carga horária de 36 horas/aula e contempla orientações sobre os tipos de armas, princípios legais do uso da arma de fogo, regras de segurança, tiro de defesa e precisão, uso de barricadas, posições de armas, entre outras temáticas.
Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário