terça-feira, 26 de abril de 2016

Polícia prende trio que desviou carga de cimento avaliada em mais de R$ 8 mil

Empresa teve um prejuízo de quase R$ 80 mil em dez dias

Uma investigação da Delegacia Municipal de Baraúnas resultou na prisão em flagrante de três homens que são suspeitos de terem desviado uma carga de cimento avaliada em R$ 8.370,00, na manhã desta terça-feira (26). O caminhão que trazia os sacos de cimentos que saíram de uma fábrica, localizada na cidade de Baraúnas, foi interceptado por policiais civis e policiais militares, quando estava em Parnamirim.

Foram detidos no momento da abordagem, o motorista do caminhão Fabiano Fernandes, 37 anos e dois homens que estavam em Parnamirim esperando a carga ilegal: Ricardo de Melo Rodrigues, 39 anos e Magno Gley Cavalcanti Silva, 36 anos. Os três homens serão indiciados por associação criminosa e estelionato. Ricardo de Melo Rodrigues também será autuado pelo crime de uso de documento falso.

Investigação –  Representantes da fábrica de cimentos comunicaram à DP de Baraúnas, que entre os dias 15 e 25 de abril, tiveram um prejuízo de aproximadamente R$ 80 mil com desvios ilegais de carga. Na tarde desta segunda-feira (25), uma carga de R$ 8 mil deveria ser deixada em uma empresa, localizada na cidade de Ceará Mirim, após a realização de uma transação comercial falsa.

 Policiais civis de Baraúnas foram acionados e por volta de 1 hora da madrugada, desta terça-feira (26), seguiram o caminhão, que não fez o percurso para Ceará-Mirim. Quando o veículo com a carga chegou em Parnamirim, Ricardo de Melo e Magno Gley estavam em um outro veículo esperando a carga desviada chegar ao destino. O caminhão foi interceptado pelos policiais e os três suspeitos foram conduzidos para a Delegacia na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV).

Nenhum comentário:

Postar um comentário