segunda-feira, 2 de maio de 2016

Adolescentes destroem Centro de Recepção do Juizado e 20 conseguem fugir na noite do domingo

DCA 1
Os menores infratores quebraram tudo o que encontraram pela frente e 20 escaparam do local
Ao menos, 20 adolescentes  infratores conseguiram fugir do Centro de Recepção Luís Barros Montenegro, localizado no bairro São Gerardo, na noite deste domingo. Passavam poucos minutos das 22 horas quando os menores iniciaram uma quebradeira no local, que funciona vizinho à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).
Na confusão, pelo menos duas funcionárias do Centro (para onde os menores são encaminhados logo após passarem por procedimento na DCA) ficaram feridas. Elas são agentes sócio-educadoras, responsáveis por receber os adolescentes procedentes da delegacia  e ali mantê-los até que eles sejam encaminhados ao Ministério Público para audiência.
As imagens postadas nas redes sociais mostram a dimensão dos estragos deixados pela confusão. Os adolescentes quebraram tudo o que encontraram pela frente, deixando um rastro de completa destruição na unidade, à exemplo do que acontece praticamente todas as semanas nos Centros Educacionais destinados ao cumprimento de internação.
O órgão não divulgou quantos adolescentes apreendidos pela Polícia estavam na unidade para serem apresentados à Justiça e ao Ministério Público nesta segunda-feira, mas o fato é que, pelo menos, 22 conseguiram escapar.
A Polícia Militar cercou o local com o apoio de um helicóptero da Coordenadoria  Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), mas nenhum dos foragidos foi localizado.
Centro
Também no fim de semana voltaram a ser registrados episódios de violência nos Centros Educacionais de Fortaleza. Um deles ocorreu no Centro Passaré, onde os adolescentes internados tentaram fuga, mas foram contidos com a chegada da Polícia Militar.
Na semana passada, pelo menos 20 menores fugiram de outro Centro, o São Miguel, após mais uma rebelião que deixou a unidade destruída e três agentes educacionais foram mantidos reféns. 

Blog Fernando Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário