domingo, 5 de junho de 2016

Foram soltos os 13 presos por fraude de R$ 50 milhões contra Caixa Econômica

FOTO: DANIEL TEIXEIRA/ ESTADÃOForam soltas nesse domingo (5), as 13 pessoas presas na Operação Caixa Preta da Policia Federal, que apura fraudes que geraram prejuízos de R$ 50 milhões à Caixa Econômica Federal do Ceará. Conforme a PF, os suspeitos prestaram depoimentos no interesse das investigações e foram liberados para aguardar o curso do inquérito em liberdade.
Com duas pessoas ainda foragidas, já foram cumpridos 38 mandados, sendo 15 de prisão temporária e 23 de busca e apreensão, em Fortaleza e Recife, capital pernambucana.
Dentre os suspeitos que foram soltos neste domingo, após passarem quatro dias presos, estavam empregados públicos da Caixa, empresários, contadores e pessoas físicas que figuram como “laranjas” de empresas de fachadas, criadas para obtenção de empréstimos fraudulentos ou destinatários dos recursos.
A Policia Federal continuará analisando os materiais apreendidos durante a operação para concluir o inquérito. Nesta fase poderão ser intimadas para depor pessoas que receberam algum tipo de benefício com o esquema ilícito. Ao todo, os investigadores federais identificaram 409 empréstimos fraudulentos.
“Nós apuramos, em 2014, 14 empréstimos fraudulentos, nós aprofundamos as investigações, e as fraudes ocorriam em mais de 400 empréstimos, nas agências do Náutico e Francisco Sá [em Fortaleza]”, explicou o delegado da Policia Federal Gilson Mapurunga. De acordo com o delegado, em um único empréstimo fraudulento, os suspeitos adquiriram quase R$ 5 milhões.

Com G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário