Adolescente foi pago para matar policial militar em Caucaia-CE

moesioO assassinato do sargento da Reserva da Polícia Militar do Ceará, Francisco Moésio Pinheiro Barbosa, 55, foi uma ação encomendada. O adolescente de 17 anos que efetuou o disparo contra o policial afirmou à Polícia que fora contratado, junto com um comparsa, ao valor de R$ 6 mil. O sargento foi assassinado com um tiro dentro de um mercadinho no bairro Carrapicho, município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) no último dia 15 de julho.
Nesta quarta (27/07), o adolescente recebeu a determinação judicial de internação, em audiência ocorrida na 5ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza. Sendo assim, o jovem deverá permanecer recolhido em algum Centro Socioeducativo no prazo de seis meses a três anos.
O adolescente já havia sido apreendido outras vezes. Fugiu em duas ocasiões, da mesma unidade socioeducativa. A estratégia utilizada nas duas fugas foi a mesma. Ele escapou em 28 de fevereiro de 2015 e em 1º de abril de 2016 do Centro Educacional Patativa do Assaré. Nas duas ocasiões, utilizou uma corda artesanal feita com lençóis, conhecida como ‘Tereza’. E pulou, junto com outros jovens, por um mesmo espaço do muro, em ambas as fugas.
O adolescente contou à Polícia que, na tarde do último dia 15, estava acompanhado de Carlos Anderson Rodrigues, 22. O adulto pilotava uma motocicleta e o adolescente ia na garupa. Os dois haviam sido contratados por R$ 6 mil para assassinar o sargento da Reserva Remunerada. Conhecido naquela região, o militar acabou baleado dentro do mercadinho que costumava frequentar, próximo à residência em que morava.

APS
Por Thiago Marinho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Funceme fala em bom inverno no Ceará em 2017

PESSOA DESAPARECIDA EM LIMOEIRO DO NORTE

Marido assassina esposa na cidade de Pereiro