quarta-feira, 13 de julho de 2016

Moradores de Assaré-Ce invadem plenário da Câmara

REDE AMIGOS DE PLANTÃO
Onde a notícia chega primeiro!

🗓13/07   ⏰11:56

Revoltadas com a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito proposta pela Câmara Municipal de Assaré, contra a atual administração do prefeito Samuel Freire, dezenas de pessoas invadiram as dependências da Casa, na sexta-feira à noite. No local, sete dos 11 vereadores denunciam ter havido algumas contratações irregulares de funcionários para a prestação de serviços, criação de crédito suplementar sem prévia autorização da Câmara, e a relação entre o município de Assaré e a FL Serviços e Locação.

A reunião era extraordinária, tendo em vista que aquela casa se encontra em recesso. O plenário do legislativo ficou pequeno para o grande número de manifestantes, a maioria partidários do prefeito. Com o grito de guerra: “Vereadores corruptos, essa CPI é golpe”, outro grupo arremessava notas de papel, iguais cédulas de R$ 100,00, dando a entender que a CPI era movida pelo dinheiro. O clima ficou tenso e foi necessária intervenção de equipes da Polícia Militar, de três cidades, para acalmar os ânimos.

O vereador Raimundo Moacir Mota Júnior, autor do pedido de instalação da CPI, afirmou que a atual administração era um desastre total e o fator predominante de sua atitude, foi a falta de informação do Poder Executivo, uma vez que a prerrogativa do vereador, como representante do povo, é justamente ser fiscalizador. “Não temos culpa de o prefeito ter minoria na Câmara Municipal. Ao contrário, lutamos pelo bom senso”, disse.

Ele disse que o Legislativo votou, há alguns dias, uma suplementação que o prefeito mandou para a Casa no valor de R$ 6,13 milhões, tirando da educação para festas populares e asfalto. (Com informações de Amaury Alencar).

Fonte: Site Cariri 24 horas antenado

SEM MAIS DETALHES

Nenhum comentário:

Postar um comentário