terça-feira, 5 de julho de 2016

Pedreiro é esfaqueado na emergência de hospital em Orós

A segunda parte do crime aconteceu no interior do Hospital Luzia Teodoro da Costa, em Orós (Foto: Portal Orós)

Uma tentativa de homicídio, na noite dessa segunda-feira (4), deixou um homem gravemente feriado em Orós, no Centro-Sul do Ceará. O crime aconteceu na localidade Correntezinha, nas proximidades do Açude Orós.

De acordo com informações do correspondente do Miséria, Richard Lopes, um pedreiro conhecido por Chico Louro, de 46 anos, foi atingido por vários golpes de faca por outros dois homens.

Segundo moradores, Chico participava de uma bebedeira quando se desentendeu com José Iran Vieira do Nascimento, de 40 anos e Joelson Da Silva Castro, de 27. Após uma discussão, os dois lesionaram o pedreiro com facadas.

Ferido, Chico Louro foi levado ao Hospital Luzia Teodoro da Costa. Segundo funcionários, os rivais seguiram a vítima e, na sala de emergência, Chico foi surpreendido pelos algozes que o atacaram novamente com vários golpes de faca. Para sobreviver, o pedreiro travou luta corporal com os acusados.

A confusão causou correria e pânico nos corredores do hospital. Segundo testemunhas, a violência foi tamanha que Chico Louro teve as vísceras exposta.

Os dois acusados tentaram fugir e um deles foi apanhado pela população e quase foi linchado. A polícia foi acionada e prendeu os dois acusados.

O pedreiro, em estado grave, foi encaminhado para o Hospital Regional de Icó onde passou por uma cirurgia e se encontra em observação.

De acordo com a escrivã de Polícia Civil, Rosa Lopes, a dupla será autuada por tentativa de homicídio.

CEARÁ 24HORAS DE 👀 NA NOTÍCIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário