segunda-feira, 8 de agosto de 2016

CEARÁ PACÍFICO? Dados da Secretaria da Segurança Pública registram alta da taxa de assassinatos em três dos quatro cenários monitorados pelo órgão


Violência só aumenta no Ceará, como a elevação das taxas de homicídios
segunda-feira 8.8.2016 335
Pelo segundo mês consecutivo, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) registra aumento nos Crimes Violentos, Letais e Intencionais, os CVLIs (homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte) em três das quatro regiões mapeadas pelo órgão em todo o Estado. Apenas a Capital cearense registrou uma queda no número de assassinatos, conforme os números apresentados pelo órgão na última sexta-feira (5).
Segundo os dados oficiais, no mês de julho foram registrados no Ceará 256 homicídios, apenas cinco a menos que em julho de 2015 (261), o que representou uma queda ínfima de 1,9 por cento.
Ainda de acordo com a secretaria, a Capital teve uma queda de 23,2 por cento, com 86 homicídios em julho de 2016 contra 112 em julho do ano passado.
Elevação
Nos demais setores do Estado, o quadro é de avanço da criminalidade. Com o registro de alta no número de assassinatos.
Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 52 pessoas foram mortas no mês passado, enquanto em julho de 2015 ocorreram 41 homicídios, uma elevação da ordem de 26,8 por cento.
No Interior Norte, 53 homicídios em julho de 2016, contra 52 no ano passado, aumento de 1,9 por cento.
Já no Interior Sul, a alta foi ainda mais significativa, da ordem de 16,1 por cento, passando de 56 casos em julho do ano passado, para 65 neste ano. 

Blog Fernando Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário