terça-feira, 23 de agosto de 2016

Família faz campanha de doação de sangue para menina com síndrome de down e leucemia

Maria Cecília foi diagnosticada com leucemia em fevereiro (FOTO: Arquivo Pessoal)
O sorriso largo e a vitalidade da pequena Maria Cecília Feitoza, de apenas 8 anos, não são mais os mesmos. Isso porque, em fevereiro deste ano, a criança foi diagnosticada com leucemia, um tipo de câncer no sangue que começa na medula óssea.

Natural do município de Limoeiro do Norte, a cerca de 200 quilômetros de Fortaleza, a família de Cecília criou uma campanha para poder ajudá-la no tratamento.
Além da doença recém diagnosticada, Maria Cecília também é portadora de Síndrome de Down. Segundo a mãe dela, Elieme Feitoza, a criança tem reagido bem ao tratamento, mesmo depois de muito sufoco. “Soubemos da doença porque ela ficou sem andar. Quando fizemos os exames, deu que ela estava com leucemia. Já passou 18 dias na UTI em tratamento, mas agora ela está reagindo bem e estamos confiantes”, disse a mãe.
Campanha pede doações para auxiliar o tratamento (FOTO: Divulgação)
Elieme também contou que Maria Cecília está no terceiro ciclo do tratamento e que, no momento, está internada em um hospital de Fortaleza. Além das doações de sangue e plaquetas, a mãe pede auxílio para custear as viagens do interior para a capital. “Recebemos ajuda de toda a família, principalmente com passagens. Temos que ir de carro para Fortaleza a cada 15 dias. E, em cada viagem, nós gastamos R$ 120. Então é um dos principais custos que temos”.
Como ajudar?
Quem pretende ajudar a pequena Maria Cecília no tratamento contra leucemia deve se dirigir até o Fujisan – Banco de Sangue e fazer uma doação em nome de Maria Cecília Feitoza Maia.
Apesar de a pequena ser portadora do sangue O+, qualquer pessoa pode doar no banco de sangue como forma de reposição.
SERVIÇO


Fujisan

Local: Avenida Barão de Studart, 2626 – Dionísio Torres, Fortaleza – CE
Contato: (85) 4009.6677 – Fax.: (85) 4009.6633 / 4009.6647

Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 7h30 às 17h30, e aos sábados das 7h30 às 13h.

Fonte: Tribuna do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário