sexta-feira, 5 de agosto de 2016

“Não tem boquinha. Eles irão dormir no chão”, diz secretário após rebelião em Presídio de Parnamirim-RN

Os presos da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) colocaram fogo em colchões na noite desta quarta-feira (3) e tentaram destruir os bloqueadores de sinal telefônico instalados na unidade. Devido aos ataques promovido pelos apenados, o secretário da Justiça e Cidadania, Walber Virgolino, revelou que punições administrativas serão impostas aos detentos.

“Nós vamos puni-los severamente. Por exemplo, agora nós vamos suspender as visitas na unidade e não vamos recolocar colchões dentro do presídio, eles irão dormir no chão para aprender”, disse o titular da Sejuc.

Ainda por causa dos ataques contra os bloqueadores, o secretário revelou que, como medida disciplinadora, a Sejuc também irá determinar a retirada de aparelhos como televisões, rádios e ventiladores.

Entre as medidas, e diante da chegada do jogo Pokémon Go ao Brasil, o secretário brincou. “Eu faço questão de deixar os celulares para eles jogarem lá dentro”, pontuou. A fala do secretário pode ser entendida como um motivo de provocação, já que, sem o sinal de celular, os apenados não teriam como ter conexão com a internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário