quinta-feira, 4 de agosto de 2016

PM apreende medicamentos que seriam usados para socorrer bandidos feridos no Alemão

O material apreendido pela PM no AlemãoDurante a Operação Germânia, deflagrada no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Alemão apreenderam medicamentos e material hospitalar. Segundo a assessoria das UPPs, o material seria usado no socorro a bandidos feridos durante tiroteios. Os medicamentos estavam nas localidades conhecidas como Areal e Sabino. De acordo com o comando da Unidade, o material seria utilizado para atendimento a criminosos feridos durante confrontos na região.

A ação no Alemão começou no início da manhã. Houve confronto e o delegado Felipe Curi, titular da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) levou um tiro no ombro. Socorrido no Hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, também na Zona Norte, ele já teve alta. Outras duas pessoas também foram baleadas. Dez suspeitos foram presos na operação.

Sobre o planejamento da operação, a Polícia Civil se pronunciou por meio de nota no fim da tarde: "A Secretaria de Estado de Segurança informa que a Operação Germânia foi baseada em investigação desenvolvida por oito meses, que resultou em um inquérito policial com 47 indiciados.15 dos acusados já possuíam mandados de prisão pendentes e apenas três não tinham anotações criminais. Todos os pedidos de prisão foram deferidos pela Justiça.
É importante ressaltar que muitos dos acusados já haviam sido presos pela polícia há dois anos, foram soltos e voltaram à atividade criminosa. Eles atentavam contra a vida de policiais e promoviam tiroteios diários na região do Complexo do Alemão, com objetivo de provocar pânico na população. A Operação Germânia foi feita de forma conjunta por integrantes da 45ª Delegacia de Polícia Civil, da Coordenadoria de Recursos Especiais da PCERJ e da Unidade de Polícia Pacificadora do Alemão na manhã desta quarta-feira (03/08)".

Extra Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário