terça-feira, 9 de agosto de 2016

Polícia prende quatro suspeitos de saidinhas bancárias

Um plano de assalto frustrado e quatro suspeitos presos. Este é o resultado de uma ação rápida da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que evitou o roubo de R$ 30 mil e ainda culminou na desarticulação de um grupo criminoso. O trabalho policial foi desenvolvido por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e se deu na Região Metropolitana de Fortaleza, na última sexta-feira (05).
O grupo capturado é suspeito de atuar em crimes de roubo conhecidos como “chegadinhas e saidinhas bancárias” – respectivamente quando a vítima é assaltada minutos antes de fazer depósito bancário e após efetuar saque em agência bancária. Com atuação em Fortaleza e Região Metropolitana, o bando foi surpreendido pela Polícia quando se preparava para mais uma ação delituosa. De acordo com os levantamentos, a vítima dos criminosos seria uma pessoa que faria o depósito da quantia de R$ 30 mil em um banco situado no município de Maranguape – Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) do Estado.
Os presos foram identificados como Adilson Werlem Santos de Moura (40), que responde a dois procedimentos policiais por ameaça; Alexandro da Silva Freitas (33), conhecido como “Veio” ou “Lourinho”, que responde por porte ilegal de arma de fogo, roubo com restrição de liberdade da vítima, a dois procedimentos por crime contra a fé pública, outros dois por homicídio doloso e mais dois por receptação; Lusiantonio Albino Batista (33), conhecido como “Lusiano”, que responde por receptação; e Ruth Fernandes Mendes Rodrigues (33), que responde por tráfico de drogas.
A ofensiva foi efetuada após os policiais receberem denúncia de que dois veículos – um Prisma de placas PMC-5414 e cor azul e uma motocicleta – eram conduzidos por infratores que iriam fazer o assalto na modalidade “chegadinha bancária”. No local, no Centro da cidade, os agentes de segurança avistaram o Prisma e a motocicleta, com dois suspeitos, estacionados nas proximidades de uma agência bancária. Durante a abordagem policial, os dois suspeitos que estavam na moto conseguiram empreender fuga.
Dentro do automóvel foram capturados Alexandro e Adilson. Ruth havia acabado de sair do automóvel e também foi presa. Lusiano foi preso ainda perto do veículo. No interior do carro, os policiais encontraram várias ferramentas como furadeiras profissionais, pés de cabra, uma alavanca, chaves de fenda, uma caixa de ferramentas e outros utensílios. Há suspeitas de que o material seria utilizado em ações delituosas. O carro e três celulares também foram apreendidos.
Entre os dois homens que fugiram está o suspeito que passou as informações para Ruth, a respeito do depósito que seria feito. A mulher, por sua vez, repassou os informes para Alexandro, o “Lourinho”, a fim de dar prosseguimento ao esquema. De acordo com as apurações, Ruth era a pessoa responsável por fazer os levantamentos e repassar os dados para os homens. Ela ficava próximo às agencias bancárias e se aproximava das pessoas com o intuito obter informações. “Lourinho” é apontado como a pessoa que fornece informações relacionadas à logística e material para a prática de crimes contra o patrimônio.
O quarteto foi encaminhado á DRF, onde foi registrado o procedimento policial. As investigações sobre o caso continuam no sentido de capturar os dois homens que conseguiram fugir.

Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário