quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Acusados de soltar rojão que matou cinegrafista irão a júri

QUARTA-FEIRA 28/09/16 as

Acusados de soltar rojão que matou cinegrafista irão a júri

Domingos Peixoto/Agência O Globo
Cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade é atingido por bomba durante manifestação

A quinta turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu nesta terça-feira que os dois acusados de soltarem o rojão que matou o cinegrafista da Band Santiago Andrade, em fevereiro de 2014, no Rio de Janeiro, vão a júri popular.

O julgamento final ficará a cargo do tribunal do júri porque os ministros entenderam que os suspeitos, Caio Silva de Souza e Fábio Raposo, ambos com 24 anos, agiram com dolo eventual, ou seja, ao soltarem o rojão, assumiram o risco de matar.

caso estava no STJ devido a uma decisão da Justiça do Rio em favor da defesa, desqualificando a denúncia do Ministério Público. Os promotores pediam pena por homicídio doloso triplamente qualificado— motivo torpe, uso de explosivos e sem chance de defesa pela vítima. A pena poderia chegar a 30 anos de prisão.

Folha UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário