quinta-feira, 1 de setembro de 2016

CABO SABINO SE PRONUNCIA SOBRE AS PRISÕES DE PMS:

Não iremos descansar, até que todos os Policiais injustiçados estejam com suas famílias novamente.

Assim que tomei conhecimento das prisões dos Policiais Militares do Ceará, abandonei a agenda parlamentar em Brasília, mesmo contra a vontade do Partido da República, e retornei imediatamente ao Ceará, para acompanhar e dar o apoio necessário aos PM's.

Mesmo com a possibilidade de sofrer sanções do partido, não vou abandonar meus irmãos de farda. Minha agenda em Fortaleza está momentaneamente cancelada para dar a total atenção que o fato merece.

Entendo que houve excessos nos pedidos de prisões, uma vez que todos os Policiais Militares têm residência fixa e vida familiar estável, além de cumprirem escala de serviço em suas unidades de trabalho.

Uma das fundamentações para prisão preventiva é o provável perigo de interferência nas investigações e ameaça a testemunhas. Não houve nenhuma denúncia do tipo, além do inquérito ter seguido em segredo de Justiça, impossibilitando qualquer tentativa de manipulação das testemunhas.

Nesse momento estou junto com minha equipe de Advogados, Assessores e Colaboradores, na tentativa de remediar o acontecido.

Temos a certeza de que a verdade e justiça irão prevalecer. Nossos colegas de farda que forem inocentes, em breve retornarão aos seus lares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário