quinta-feira, 1 de setembro de 2016

CEARÁ PACÍFICO??? Após prisão de PMs, Grande Fortaleza registrou noite violenta com assaltos, tiroteios, latrocínio e homicídios.

A noite de quarta-feira (31) – a última do mês de agosto – foi marcada pela violência na Grande Fortaleza, com o registro de vários casos de assaltos, tiroteio e a morte de cinco pessoas. Os homicídios em sequência aconteceram nas ruas da Capital e bairros dos Municípios de Caucaia e Maracanaú.

Logo no começo da noite, um crime de morte ocorreu em um condomínio popular no bairro Conjunto Timbó, em Maracanaú, onde aconteceu um cerrado tiroteio entre gangues daquela região. No final do confronto, um jovem estava morto e, pelo menos, outros três feridos.  Na Rua 140, a Polícia encontrou o corpo de um jovem identificado somente por Samuel.

Logo depois, por volta das 20 horas, outro tiroteio deixou dois feridos no Conjunto Jereissati, também em Maracanaú. Quando a Polícia Militar chegou no local, encontrou um jovem, identificado apenas pelo apelido de “Lero”, em estado grave.  Ele foi socorrido na própria viatura da PM para o Hospital do Município, onde acabou morrendo.

(Mais crimes)

E a violência seguiu noite adentro. No Conjunto Ceará,  um adolescente de apenas 15 anos de idade, foi executado a tiros na Rua 910 da Quarta Etapa. Conforme a Polícia, o menor era conhecido por “Carlinhos da Jurema” e envolvido em diversos tipos de crimes. Ele teria sido executado, supostamente, num crime de “acerto de contas”.

E ainda na noite de ontem, um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) aconteceu na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Desta vez, o palco da violência foi o Município de Caucaia, onde um assalto a uma pizzaria na localidade de Garrote, terminou de forma trágica. O dono do estabelecimento foi baleado pelos ladrões e tombou morto no local. Policiais do 12º BPM e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local iniciando diligências. 

(POR FERNANDO RIBEIRO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário