sábado, 24 de setembro de 2016

CEARÁ PACÍFICO??? SSPDS entrega ao TRE plano de Segurança para eleições com efetivo extra de 5 mil policiais

CEARÁ PACÍFICO??? SSPDS entrega ao TRE plano de Segurança para eleições com efetivo extra de 5 mil policiais

O Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) vai monitorar toda a operação

Um efetivo de quase sete mil servidores da Segurança Pública será mobilizado diretamente para a realização da “Operação Eleições 2016” em todo o Estado do Ceará a partir de sexta-feira próxima (30). Somente a Polícia Militar vai empregar um contingente extra de 5.600 homens na Capital, Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior.

O Plano de Segurança para as eleições já foi entregue ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Abelardo Benevides Moraes, e à corregedora eleitoral, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira.

O efetivo extra da PM estará assim distribuído: 1.360 na Capital, 270 na Região Metropolitana de Fortaleza e mais 3.970 no Interior.

Apesar da ameaça de greve de policiais civis e peritos, a cúpula da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ignorou o fato e fez constar no plano  entregue aos desembargadores uma escala com reforços de delegados, escrivães e inspetores nas Delegacias Metropolitanas de Aquiraz, Pacatuba, Guaiúba, Itaitinga, Maranguape, Pindoretama, Cascavel, São Gonçalo do Amarante, Horizonte, Pacajus e Chorozinho.

Ainda de acordo com o plano, todas as delegacias de Polícia Civil do Interior – Regionais e Municipais – estarão abertas para atendimento ao público no próximo dia 2.

Plantões

Na Capital, estarão também funcionando as delegacias plantonistas 2º DP (Aldeota), 7ºDP (Pirambu), 9º DP (Vicente Pinzón), 11º DP (Pan-Americano), 12º DP (Conjunto Ceará), 30º DP (São Cristóvão) e 34 DP (Centro), além das delegacias de Defesa da Mulher/DDM  (Centro) e da Criança e do Adolescente/DCA (São Gerardo).

Um Estado-Maior Especial da PM foi formado e estará atuando na fiscalização do trabalho da tropa e em parceria com o TRE em todo o Estado.

Toda a organização da operação ficará sediada na sede da SSPDS, onde estará montado um centro de gerenciamento de crises denominado de Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), com representantes da PM, Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Polícia Civil (PC), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Municipal de Fortaleza GMF), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Samu-Fortaleza, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC),  além do Exército Brasileiro e Agência Brasileira de Inteligência (Abin). 

 (por Fernando Ribeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário