DELEGADO DE SOBRAL PEDE EXONERAÇÃO

QUINZE DIAS APÓS A POSSE, DELEGADO NOMEADO PARA A DELEGACIA MUNICIPAL DE SOBRAL PEDE EXONERAÇÃO POR CONTA DA ABSOLUTA FALTA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO.

Deixamos o questionamento: Se um delegado, que inicia a carreira ganhando 15 mil reais, pede exoneração por não suportar as condições de trabalho, o que dizer de escrivães e inspetores que ganham CINCO VEZES MENOS?

Atitude corajosa de alguém que se chocou com a situação da Polícia Civil do Ceará.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONFIRMADO MORTE POT GRIPE H1N1.

Funceme fala em bom inverno no Ceará em 2017

PESSOA DESAPARECIDA EM LIMOEIRO DO NORTE