quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Penitenciária em Jardinópolis tem rebelião e fuga de 200 presos

SÃO PAULO

JARDINÓPOLIS

Penitenciária em Jardinópolis tem rebelião e fuga de 200 presos

Houve tiroteio, fogo em canavial e um detento teria morrido tentando atravessar rio a nado

Rene Moreira,
Especial para o Estado

29 Setembro 2016 | 12h41 
Atualizado 29 Setembro 2016 | 18h50

FRANCA - Cerca de 200 presos fizeram uma rebelião no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Jardinópolis (SP), na manhã desta quinta-feira, 29, e conseguiram fugir do local. A fuga aconteceu após os detentos atearam fogo em uma das alas, durante revista no local.

Eles derrubaram uma grade de mais de quatro metros de altura que cercava o presídio e correram para a Rodovia Candido Portinari. Alguns foram capturados ainda na pista, enquanto que outros entraram nos canaviais. 

Motoristas que passavam pelo local registraram cenas impressionantes após a fuga. Muitos se mostraram apavorados com a situação.

Centro de Progressão Penitenciária de Jardinópolis

Policiais efetuaram vários disparos e até o início desta tarde uma megaoperação era realizada em busca dos fugitivos, que conta com um helicóptero. Um preso teria morrido tentando atravessar a nado o Rio Pardo.

O fogo continuava intenso nos canaviais próximos à penitenciária até por volta das 13h. Muitos parentes se aglomeram na frente do local e recebiam informações por meio dos assistentes sociais.

A penitenciária fica no município de Jardinópolis, ao lado da Rodovia Candido Portinari, na saída de Ribeirão Preto com sentido a Franca (SP). Também está a poucos quilômetros da Rodovia Anhanguera, sendo grande o fluxo de veículos e pessoas naquela região. 

O Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário