terça-feira, 4 de outubro de 2016

CARUARÚ-PE: Menino de 8 anos pega espingarda e mata sem querer a irmã de 10

Menino de 8 anos pega espingarda e mata sem querer a irmã de 10

A presença de armas de fogo nos lares brasileiros causou mais uma vítima inocente nesta segunda-fe...

A presença de armas de fogo nos lares brasileiros causou mais uma vítima inocente nesta segunda-feira (3), em Caruaru, no estado de Pernambuco. Um menino de 8 anos resolveu mexer na arma que ficava guardada em casa e sem querer acabou disparando-a. O tiro da espingarda acertou e matou a irmã do garoto, dois anos mais velha.

Detalhes do drama familiar ainda estão sendo apurados, mas a #Polícia já divulgou que a arma era utilizada padrasto, já falecido.

De acordo com a Polícia Militar, a espingarda tinha calibre 12 e ainda não se tem a confirmação se estava ou não registrada para ser armazenada da residência.

Depois de isolado o imóvel, o Instituto de Criminalística foi chamado para proceder a perícia no local acidente. As autoridades policiais ainda não têm informação se os irmãos estavam sozinhas no momento em que o tiro foi disparado. A família está sendo ouvida para ajudar a elucidar os fatos, inclusive sobre o socorro da vítima.

Mais casos

São muitos os casos de acidentes envolvendo crianças que acabam tendo acesso a armas de parentes guardadas em casa. No dia primeiro de março deste ano, uma criança de 12 anos que brincava com uma espingarda do pai também matou a irmã de 6 anos de forma acidental em Cuiabá, no Mato Grosso.  A garota foi atingida com no tórax. Ela foi socorrida pelos próprios pais que a levaram ao hospital, onde morreu logo depois.

Também no Mato Grosso, só que no dia 21 de agosto deste ano, um garoto de 12 anos vitimou sem querer o amigo. Ele também estava mexendo numa espingarda calibre 36, arma que ficava guardada em sua casa, na cidade de Sorriso. O amigo estava com ele. Ambos não tinham ideia do risco que corriam.

Outro caso que ganhou repercussão foi nos Estados Unidos. Na cidade de Nashville, no Kentucky, uma menina de dois anos foi baleada acidentalmente pelo irmão, de 5 anos, em 2013. A diferença neste caso é que a arma, um rifle, era do próprio garoto.

Ele estava brincando com o rifle que ele ganhou de presente de aniversário, quando o incidente aconteceu. A arma tinha calibre 22. A bebê foi atingida no peito. #Crime #Casos de polícia

(Com Informações do MassapeCeara)

Nenhum comentário:

Postar um comentário