sexta-feira, 31 de março de 2017

ATENTADOS NO CARIRI Casos de lesões corporais, ameaça e violência doméstica em Juazeiro e Várzea Alegre. O plantão policial das últimas horas registrou um caso de violência doméstica e outro de lesão corporal a gargalo de garrafa em Juazeiro, bem como uma ameaça de morte em Várzea Alegre. O jovem Alex Pereira da Silva, de 22 anos, deu entrada na UPA Limoeiro apresentando uma lesão corporal.

O plantão policial das últimas horas registrou um caso de violência doméstica e outro de lesão corporal a gargalo de garrafa em Juazeiro, bem como uma ameaça de morte em Várzea Alegre. O jovem Alex Pereira da Silva, de 22 anos, deu entrada na UPA Limoeiro apresentando uma lesão corporal. Ele disse aos policiais que estava fazendo uso de cocaína em uma casa perto da sua quando passou a discutir com um amigo. Este apanhou um pedaço de garrafa e o lesionou com vários golpes no rosto.

Por volta das 10 horas de ontem militares do Ronda do Quarteirão foram acionados para a Rua Francisca Pereira Galvão (Aeroporto), onde uma mulher informou ter sido agredida por seu companheiro Paulo Roberto Souza, de 28 anos, que terminou preso. Só que, perto do imóvel, os PMs encontraram um chassi abandonado que corresponde a moto Honda CG 125 Fan ES de cor preta roubada. Na residência, várias peças de motos de origem duvidosa e Paulo foi autuado na delegacia para responder por lesão corporal e receptação.

No início da noite desta quinta-feira, em Várzea Alegre, Antonio Luciano Bezerra, de 30 anos, disse à polícia ter sido ameaçado de morte pelo ex-presidiário Tibério Arculino dos Santos, da mesma idade. O acusado estava armado com uma faca e bebendo em um bar quando jogou fora a arma branca ao ver a chegada dos PMs. Além disso, resistiu à prisão entrando em luta corporal com os militares, porém terminou preso e conduzido à delegacia juntamente com a vítima.

Demontier Tenório