quinta-feira, 30 de março de 2017

FLÓRIDA ESTADOS UNIDOS Homem é preso por atender pedido da mulher e matá-la. Um americano foi preso acusado de matar a mulher que pediu para ser executada pois sofria de demência.



Um americano foi preso acusado de matar a mulher que pediu para ser executada pois sofria de demência. O crime aconteceu na última segunda-feira, na Flórida, nos Estados Unidos. Stephen Kruspe, de 62 anos, passou quatro décadas casado com a vítima, Pamela, de 61, que foi morta com um tiro no peito.

“Eu quero que você me mate”, teria pedido a mulher, segundo Kruspe relatou à polícia, após se entregar. Há pelo menos 10 anos, Pamela sofria de demência e outros problemas mentais e, de acordo com Kruspe, ela estava sofrendo e queria morrer. Por isso, pediu a ajuda do marido para realizar seu desejo.

O caso impressionou moradores da região.

“Eles eram loucos um pelo outro. Ele faria qualquer coisa por ela”, disse Jaclyn Tittsworth, vizinha do casal.

Kruspe e a companheira têm três filhos, que não moravam com eles. Ele foi acusado de homícidio no dia seguinte ao crime e permanece preso, sem direito à fiança.

O caso continua sendo investigado. As informações são do jornal “The New York Post”.

Reproduzido por MassapeCeara.Com | Créditos: Jornal Extra 

MULHER É ASSASSINADA COM TIRO NA CABEÇA NA ZONA RURAL DE TIANGUÁ

Um crime de feminicidio ocorreu na tarde desta segunda (18), na localidade conhecida como “Sitio Laranjeiras”, na zona rural de Tianguá....