quinta-feira, 30 de março de 2017

FLÓRIDA ESTADOS UNIDOS Homem é preso por atender pedido da mulher e matá-la. Um americano foi preso acusado de matar a mulher que pediu para ser executada pois sofria de demência.



Um americano foi preso acusado de matar a mulher que pediu para ser executada pois sofria de demência. O crime aconteceu na última segunda-feira, na Flórida, nos Estados Unidos. Stephen Kruspe, de 62 anos, passou quatro décadas casado com a vítima, Pamela, de 61, que foi morta com um tiro no peito.

“Eu quero que você me mate”, teria pedido a mulher, segundo Kruspe relatou à polícia, após se entregar. Há pelo menos 10 anos, Pamela sofria de demência e outros problemas mentais e, de acordo com Kruspe, ela estava sofrendo e queria morrer. Por isso, pediu a ajuda do marido para realizar seu desejo.

O caso impressionou moradores da região.

“Eles eram loucos um pelo outro. Ele faria qualquer coisa por ela”, disse Jaclyn Tittsworth, vizinha do casal.

Kruspe e a companheira têm três filhos, que não moravam com eles. Ele foi acusado de homícidio no dia seguinte ao crime e permanece preso, sem direito à fiança.

O caso continua sendo investigado. As informações são do jornal “The New York Post”.

Reproduzido por MassapeCeara.Com | Créditos: Jornal Extra 

4º MÊS DE SALDO POSITIVO Ceará cria 2,1 mil empregos; melhor setembro em 3 anos. Resultado decorre de 30,7 mil admissões contra 28,6 mil desligamentos no nono mês deste ano.

A agropecuária foi o setor da economia cearense que teve o melhor resultado na geração de empregos, com saldo positivo de 767 postos, segu...