domingo, 2 de abril de 2017

AÇÃO Preso mais um suspeito de participar de ataques em Jaguaruana; número de detidos chega a cinco. O indivíduo estaria pedindo carona a moradores de Jaguaruana até o bairro Lagoa Escura, em Russas, em troca de uma quantia de dinheiro não divulgada.


José Alves Bezerra Neto, o “Netão”, de 39 anos, é natural de Mossoró (RN) e já responde por roubo qualificado
( Foto: Polícia Civil/Reprodução )

Um dos suspeitos de participar dos ataques às agências bancárias no município de Jaguaruana foi preso, na manhã deste domingo (02), em uma operação integrada da Polícia Federal, Militar e Civil, dos estados do Ceará e Rio Grande do Norte. De acordo com informações concedidas pela Polícia Militar,José Alves Bezerra Neto, o “Netão”, de 39 anos, foi capturado no distrito de Várzea Alegre, localizado no município de Russas.

#LEIA MAIS

>Polícias revelam ação que desmembrou quadrilha em Jaguaruana

>Grupo criminoso já estava sendo investigado, afirma delegado

>Morador de Jaguaruana relata momentos de terror

Ainda segundo as informações da PM, as autoridades receberam uma denúncia de que um indivíduo estaria pedindo carona a moradores de Jaguaruana até o bairro Lagoa Escura, em Russas, em troca de uma quantia de dinheiro não divulgada. Posteriormente, as autoridades identificaram o motorista de um veículo carreta, em frente a um posto de combustível, que admitiu ter aceitado a proposta e conduzido o suspeito até o destino solicitado.

Equipes do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) destacaram equipes até o município e encontraram José Alves na região. Há informações que o homem é natural de Mossoró (RN) e já responde por roubo qualificado. O homem foi levado para a Delegacia Regional de Russas e, atualmente, está sob custódia da Polícia Federal.

Com a prisão de “Netão”, chega a cinco o número de detenções realizadas devido à operação. Além dos detidos, houve sete mortos e um ferido durante confronto com a polícia. Contudo, ainda há outros suspeitos foragidos. Segundo informações da Polícia Federal, o ataque contou com a participação de 20 a 25 pessoas, as quais estavam divididas em três veículos tipo caminhonetes e 12 motocicletas.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

UNILAB Suspeito de atirar em estudante deve se entregar nas próximas horas, afirma Polícia. Homens do Batalhão de Baturité estão de campana em Alto Santo Antônio, em Redenção, onde fica a suposta residência do acusado.

por Redação Diário do Nordeste Karliano e a estudante Thaislane Marcelino de Oliveira tiveram um namoro conturbado entre um e dois anos - ...