quinta-feira, 13 de abril de 2017

CRIME BRUTAL Suspeito de matar menina Débora é preso. Secretário de Segurança, André Costa, participou da comitiva que levou o suspeito até a Delegacia.


Delegados do DIP, Renê Andrade e Luiz Carlos Dantas participaram da condução do suspeito de matar Débora Lohany até a Delegacia, em flagrante exclusivo do Diário do Nordeste.
( Foto: Kid Júnior )

Um suspeito de matar a menina Débora Lohany de Oliveira, de 4 anos de idade, foi preso pela Polícia, no início da tarde desta quinta-feira (13), 17 dias depois dela desaparecer misteriosamente, na Avenida Raul Barbosa, no bairro Aerolândia.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, e o diretor do Departamento de Inteligência (DIP) da Polícia Civil, delegado Renê Andrade, junto da Divisão Anti-Sequestro (DAS) e de outros policiais, conduziram o suspeito, em veículos descaracterizados, até a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizada no Bairro de Fátima.

O suspeito preso é deficiente de um braço, como a Polícia tinha apurado durante a investigação do sumiço da menina - antes dela ser encontrada morta no último dia 7 de abril, por catadores de lixo, em um lixão ao lado do viaduto da Via Expressa. A identidade do suspeito ainda não foi revelada.

LEIA AINDA:
. Laudo indica que Débora teve traumatismo craniano
. Exame de DNA confirma que corpo é de Débora

As autoridades policiais não concederam entrevista em sua chegada à DHPP. O suspeito preso está sendo ouvido pelos delegados.

Anteriormente, pelo menos dois homens com braço amputado (característica inicial apontada por testemunhas que disseram ter presenciado a menina ser levada) haviam sido ouvidos pelas autoridades, mas ninguém tinha sido preso até então.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

HORÓSCOPO DO DIA 20 DE AGOSTO DE 2017

Áries 21/03 a 20/04 regente: Marte Sua força de vontade e habilidade social são intensificadas pela associação de Lua e Marte na quinta c...