sábado, 15 de abril de 2017

EM PERNAMBUCO Técnica de enfermagem morre ao levar choque fazendo chapinha. Uma técnica de enfermagem morreu ao levar um choque enquanto alisava o cabelo com uma chapinha em Olinda, Pernambuco, na noite da quinta-feira (13).

     

 Postado por Júnior Ximenes dia15/4/17

   
Uma técnica de enfermagem morreu ao levar um choque enquanto alisava o cabelo com uma chapinha em Olinda, Pernambuco, na noite da quinta-feira (13). Maria Kamylla Santana Silva, de 28 anos, estava em casa quando o acidente aconteceu. O aparelho estaria com um fio desencapado.

O corpo de Maria Kamylla foi encontrado pela mãe, Clarinda Santanam, que ainda chegou a pedir socorro. A jovem foi socorrida para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade Tabajara, mas já chegou sem vida. O corpo da técnica de enfermagem foi liberado na manhã de sexta, para enterro à tarde, no Cemitério de Santo Amaro.

Maria Kamylla era casada e tinha filhos de 14 e 10 anos. Amigos lamentaram nas redes sociais a morte. "Meus pêsames a toda família, e que o Espírito Santo console o coração de vocês!! Fiquem com Deus!!!", escreveu uma pessoa. "Não acredito. ... Deus console a família", foi outro comentário. "Não consigo acreditar que você se foi, Kamylla", comentou um amigo.

Casos
Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), 590 pessoas morreram no Brasil por conta de choque elétrico em 2015 - dados do último balanço divulgado. O Nordeste é a região com mais casos de mortes envolvendo eletricidade, com 259 mortes, 44% do total. No Sudeste foram 109 mortes. Ainda foram contabilizadas 94 no Sul do país; 74 no Centro-Oeste e 54 no Norte.

Caso foi em Olinda. Ela deixa dois filhos

Fonte: Correio24hs

VAGAS ​Oportunidade de Emprego​ ​(Aracati, Limoeiro, Morada Nova e Russas)​ 24/10/2017 3ª Feira

VAGAS ​ Oportunidade de Emprego ​ ​ (Aracati, Limoeiro, Morada Nova e Russas) ​ 24/10/2017   3ª Feira   📅