segunda-feira, 3 de abril de 2017

EUSÉBIO Mulher deixa carta de despedida antes de jogar criança em poço no Ceará. Segundo a polícia, a mulher sofre de problemas psiquiátricos e teve depressão pós-parto. Criança morreu, e a mãe foi presa.


Por G1 CE

Uma mulher se jogou com o próprio filho de dois meses dentro de um poço na manhã de domingo (2) no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. O bebê morreu na hora, e a mulher, que tentava se suicidar, ficou ferida. Ela foi presa após o caso.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita sofre de problemas psiquiátricos e teve depressão pós-parto. Em depoimento, ela disse que cometeu o delito depois de receber o resultado de um exame médico atestando que a criança tinha problema cardíaco.

Antes de jogar no poço, a mulher deixou uma carta com um pedido de desculpas à família. Em um trecho da carta, ela justificou que não conseguia ser feliz e estava sem forças para cuidar do filho.

"Infelizmente eu já não tava (sic) mais aguentando de tanta tristeza. Fui feliz até onde pude, mas já não me reconhecia mais aquela menina que era bem", escreveu.

A mulher e o bebê foram encontrados por familiares no poço que fica no quintal da residência. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender à ocorrência, mas já encontrou a criança morta. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi chamada ao local e recolheu o corpo do bebê.

Após o caso, a mãe foi levada pela família à Delegacia Metropolitana do Eusébio, onde foi autuada em flagrante por homicídio. Após a realização dos procedimentos policiais, a mulher, que agora responde pelo crime, foi encaminhada para um hospital mental, no Bairro Messejana, em Fortaleza.

EUSÉBIO 

FORTALEZA

© Copyright 2000-2017 Globo Comunicação e Participações S.A.

UNILAB Suspeito de atirar em estudante deve se entregar nas próximas horas, afirma Polícia. Homens do Batalhão de Baturité estão de campana em Alto Santo Antônio, em Redenção, onde fica a suposta residência do acusado.

por Redação Diário do Nordeste Karliano e a estudante Thaislane Marcelino de Oliveira tiveram um namoro conturbado entre um e dois anos - ...