sábado, 8 de abril de 2017

FATALIDADE Policial civil que trabalhava em Caririaçu morreu vítima de disparo acidental em Juazeiro. Uma fatalidade por volta das 17 horas desta sexta-feira em Juazeiro do Norte.

Fatalidade em Juazeiro
Demontier Tenório

Uma fatalidade por volta das 17 horas desta sexta-feira em Juazeiro do Norte. O policial civil Robério Augustinho de Oliveira, de 30 anos, foi encontrado morto pelo próprio pai no quarto de sua residência na Rua do Limoeiro, 2385 perto do cruzamento com a Rua Belo Horizonte na área das Casas Populares. Pouco tempo antes, um vizinho tinha ouvido um estampido de arma de fogo.

A vítima apresentava uma perfuração à bala na cabeça e pode ter sido causada por um disparo acidental, enquanto manuseava sua arma. A perícia esteve no local e a Delegada de Polícia Civil, Lorna Aguiar, que a arma estava em pane o que amplia a possibilidade de um acidente. Militares do Ronda do Quarteirão também estiveram no imóvel impedindo o acesso dos muitos curiosos que se encontravam do lado de fora.

Uma ambulância do SAMU ainda esteve na residência, mas os profissionais de saúde apenas constataram o óbito. Robério tinha algo em torno de dois anos como policial civil e atuava na Delegacia de Polícia Civil de Caririaçu. O seu corpo foi recolhido pelo rabecão para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) e ainda ontem foi devolvido à família para providenciar o sepultamento.

CADEIA PÚBLICA Presos de Guaraciaba do Norte poderão ter pena reduzida por meio da leitura. Segundo decisão da titular da Comarca do município, a leitura contribui no processo de reinserção social.

Além de realizar a organização do trabalho, os presos deverão se limitar ao conteúdo do livro recebido por eles ( Foto: divulgação/TJCE )...