sábado, 8 de abril de 2017

PRISÕES Polícia Militar impede comércio ilegal de drogas em Iguatu. Por meio de uma ação da Polícia Militar do Ceará, policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) retiraram de circulação 950 gramas de maconha e uma arma de fogo com numeração raspada e 14 munições intactas.


Por meio de uma ação da Polícia Militar do Ceará, policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) retiraram de circulação 950 gramas de maconha e uma arma de fogo com numeração raspada e 14 munições intactas. As apreensões aconteceram no dia de ontem (06), na Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16), na cidade de Iguatu. As apreensões são resultados de duas ações distintas.

A primeira ocorrência foi atendida após uma denúncia anônima, por volta das 14h30min, e que fez a equipe se dirigir até o Bairro Taboleiro. Na ocasião, os policiais militares encontraram quatro suspeitos embalando a droga. Ao ser dada a voz de prisão, os acusados correram, sendo que dois seguiram destino desconhecido e os outros dois – adolescentes – foram capturados.  O caso foi levado a Delegacia Municipal de Iguatu. Junto com os suspeitos, foi entregue a Polícia Civil 950 gramas de maconha, dois aparelhos telefônicos, duas facas, um alicate, uma balança de precisão, papéis para embalagem, fita adesiva e R$ 45,20.

Mais tarde, às 23h30min, no bairro João Paulo II, outra equipe do Raio deu voz de parada a um veículo suspeito conduzido por Antônio Francisco, 36 anos. Após diálogo com os policiais militares, o indivíduo confessou que seu sobrinho possuía uma arma de fogo. De pronto, a composição se dirigiu a procura de Wilton Gomes da Silva (21). Com ele, os policiais encontraram uma pistola Taurus com numeração raspada e 14 munições intactas. Ambos foram conduzidos à Delegacia Municipal de Iguatu, onde ficaram presos com base no artigo 16 da Lei do Estatuto de Desarmamento.

A implantação do Raio na AIS 16 aconteceu em 20 de agosto de 2016. Com menos de um ano, já retiraram de circulação 33 armas de fogo irregulares. Todo esse resultado é devido a mais de 300 abordagens por mês, realizadas juntamente com 10º Batalhão de Polícia Militar e a 5ª Companhia de Policiamento Comunitário, que tem reduzido significativamente a criminalidade em área.

“O trabalho do Raio é sistemático e obedece a uma doutrina própria. Seu foco é abordagem a situações suspeitas, intensificando a polícia ostensiva. Desde sua instalação na cidade de Iguatu, a sensação de segurança da área tem aumentado bastante, fato que é reconhecido pelos moradores das comunidades atendidas”, avalia o comandante local da equipe do Raio, capitão Arquenio.

Fonte: SSPDS

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados

INTERRUPÇÃO Dnit desliga fotossensores nas BRs do Ceará. O desligamento se deu em virtude do processo de novas licitações para contratação de equipamentos controladores de velocidade em rodovias federais

Sacos plásticos foram colocados nos equipamentos e até em algumas placas que indicam velocidade ( Foto: VC Repórter ) Dnit informa que ...