sábado, 8 de abril de 2017

PRISÕES Polícia Militar impede comércio ilegal de drogas em Iguatu. Por meio de uma ação da Polícia Militar do Ceará, policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) retiraram de circulação 950 gramas de maconha e uma arma de fogo com numeração raspada e 14 munições intactas.


Por meio de uma ação da Polícia Militar do Ceará, policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) retiraram de circulação 950 gramas de maconha e uma arma de fogo com numeração raspada e 14 munições intactas. As apreensões aconteceram no dia de ontem (06), na Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16), na cidade de Iguatu. As apreensões são resultados de duas ações distintas.

A primeira ocorrência foi atendida após uma denúncia anônima, por volta das 14h30min, e que fez a equipe se dirigir até o Bairro Taboleiro. Na ocasião, os policiais militares encontraram quatro suspeitos embalando a droga. Ao ser dada a voz de prisão, os acusados correram, sendo que dois seguiram destino desconhecido e os outros dois – adolescentes – foram capturados.  O caso foi levado a Delegacia Municipal de Iguatu. Junto com os suspeitos, foi entregue a Polícia Civil 950 gramas de maconha, dois aparelhos telefônicos, duas facas, um alicate, uma balança de precisão, papéis para embalagem, fita adesiva e R$ 45,20.

Mais tarde, às 23h30min, no bairro João Paulo II, outra equipe do Raio deu voz de parada a um veículo suspeito conduzido por Antônio Francisco, 36 anos. Após diálogo com os policiais militares, o indivíduo confessou que seu sobrinho possuía uma arma de fogo. De pronto, a composição se dirigiu a procura de Wilton Gomes da Silva (21). Com ele, os policiais encontraram uma pistola Taurus com numeração raspada e 14 munições intactas. Ambos foram conduzidos à Delegacia Municipal de Iguatu, onde ficaram presos com base no artigo 16 da Lei do Estatuto de Desarmamento.

A implantação do Raio na AIS 16 aconteceu em 20 de agosto de 2016. Com menos de um ano, já retiraram de circulação 33 armas de fogo irregulares. Todo esse resultado é devido a mais de 300 abordagens por mês, realizadas juntamente com 10º Batalhão de Polícia Militar e a 5ª Companhia de Policiamento Comunitário, que tem reduzido significativamente a criminalidade em área.

“O trabalho do Raio é sistemático e obedece a uma doutrina própria. Seu foco é abordagem a situações suspeitas, intensificando a polícia ostensiva. Desde sua instalação na cidade de Iguatu, a sensação de segurança da área tem aumentado bastante, fato que é reconhecido pelos moradores das comunidades atendidas”, avalia o comandante local da equipe do Raio, capitão Arquenio.

Fonte: SSPDS

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados

CADEIA PÚBLICA Presos de Guaraciaba do Norte poderão ter pena reduzida por meio da leitura. Segundo decisão da titular da Comarca do município, a leitura contribui no processo de reinserção social.

Além de realizar a organização do trabalho, os presos deverão se limitar ao conteúdo do livro recebido por eles ( Foto: divulgação/TJCE )...