sábado, 29 de abril de 2017

RIO GRANDE DO NORTE PF divulga retrato falado de suspeito de matar agente penitenciário federal no RN. Henry Charles foi assassinado nesta quarta-feira (12), em Mossoró. Polícia Federal e Polícia Civil do RN conduzem investigação do caso.

Retrato falado do suspeito foi produzido pela Polícia Federal em Mossoró.
(Foto: Divulgação / PF)

A Polícia Federal divulgou retrato falado de um suspeito de participação na morte do agente penitenciário federal Henry Charles Gama Filho. A investigação do caso é conduzida pela PF e a Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O agente foi executado a tiros, na tarde desta quarta-feira (12), na cidade de Mossoró.

Henry Charles trabalhava no presídio federal daquele município. O agente foi morto quando estava em um bar, no bairro Boa Vista. Criminosos chegaram em um carro e atiraram contra a vítima.

Ainda nesta quarta-feira, no local do crime, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa começou as investigações. Policiais federais também estiveram na cena do crime para auxiliar nos trabalhos.

Nesta quinta-feira (13), a Polícia Civil confirmou que o trabalho investigativo está sendo feito em conjunto com a Polícia Federal, haja vista que o agente era servidor público federal e existe a possibilidade da morte dele está relacionada com a atividade que exercia.

Inclusive, foi a própria própria Polícia Federal, em Mossoró, que produziu o retrato falado baseado nos depoimentos e descrições feitas por testemunhas do homicídio. Quem tiver alguma informação sobre o suspeito pode denunciar para o telefone 3204-5500. A identidade é mantida em sigilo.

Henry Charles era lotado no presídio federal de Mossoró. (Foto: Divulgação / PM)

SAIBA MAIS

Agente penitenciário federal é assassinado a tiros em Mossoró, RN

RIO GRANDE DO NORTE

3

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Este conteúdo não recebe mais comentários.

RECENTES

POPULARES

Paulo Roberto

HÁ 16 DIAS

Eu tenho dois a migos quê e agente , um e Federal outro estadual eles um dia disseram que não frequenta todos ambientes .........tem os local quê eles gosta de i pó não ficar muito esporto a sua vida.

71

Lutemberg Pessoa

HÁ 15 DIAS

Paulo Roberto, teria condições de você traduzir o que quis dizer? Não consegui entender esse idioma que foi utilizado em seu comentário.

710

Paulo Roberto

HÁ 15 DIAS

Os meus colegas quê, e a gente federal eles não ficar espondo a sua vida em certo ambientes pôquer eles estáo sujeito a passar po situação de perigos

92

MAIS DO G1

CONSUMIDORHÁ 1 HORA

Justiça derruba liminar e cobrança extra de bagagem em aviões é liberada

Pelas novas regras, as companhias aéreas poderão cobrar taxas adicionais pelas bagagens despachadas em voos nacionais e internacionais.

Acidente na SapucaíHÁ 6 HORAS

Morre radialista que foi atingida por carro alegórico no carnaval do Rio

Elizabeth Joffe, de 55 anos, foi uma das vítimas de acidente da Paraíso do Tuiuti.

GoiásHÁ 2 HORAS

Cassetete de PM quebrou ao atingir cabeça de estudante em protesto

Mateus segue na UTI com quadro grave

HÁ 2 HORAS

São PauloHÁ 3 HORAS

Doria diz que vai cobrar de sindicatos prejuízos pelos protestos

39 foram presos no estado ontem; agências foram depredadas

HÁ 3 HORAS

RJ: Após protesto, Rio amanhece com carcaças de ônibus

HÁ 3 HORAS

MANIFESTAÇÕESHÁ 19 MINUTOS

Protesto contra reformas chegou a 254 cidades, o 2º maior número de desde 2015

Apenas atos contra Dilma em 13 de março de 2016 contaram com mais municípios: 337.

Envolvidos em recallHÁ 6 HORAS

Quase 2 milhões de carros no Brasil ainda rodam com 'airbags mortais'

Defeito em peça da fornecedora Takata é relacionado a 16 mortes no exterior.

VEJA MAIS

globo.com

© Copyright 2000-2017 Globo Comunicação e Participações S.A.

UNILAB Suspeito de atirar em estudante deve se entregar nas próximas horas, afirma Polícia. Homens do Batalhão de Baturité estão de campana em Alto Santo Antônio, em Redenção, onde fica a suposta residência do acusado.

por Redação Diário do Nordeste Karliano e a estudante Thaislane Marcelino de Oliveira tiveram um namoro conturbado entre um e dois anos - ...