sexta-feira, 21 de abril de 2017

VIOLÊNCIA Idosos e crianças são assassinados em área rural de cidade do MT. De acordo com as informações, ainda preliminares, 10 pessoas foram vítimas do massacre, feito por “encapuzados”.

Google Mapas

AGÊNCIA BRASIL

Líder do ranking de desmatamentos na Amazônia, a cidade de Colniza (MT) foi palco de mais um episódio violento nesta quinta-feira (20/4), quando adultos, idosos e crianças foram assassinados. De acordo com as informações, ainda preliminares, 10 pessoas foram vítimas do massacre, feito por “encapuzados”, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso.

O governo do estado está mobilizando equipes especializadas da Polícia Militar e da Polícia Civil para investigar o crime, mas, devido ao mau tempo, ainda não haviam conseguido embarcar até o fechamento desta reportagem. A chacina ocorreu próximo ao distrito de Guariba, em uma área denominada Taquaruçu do Norte. O município Colniza fica a 1.065 km de Cuiabá.

Mais sobre o assunto

Bebê é achado ainda com cordão umbilical na zona rural do Mato GrossoCinco presos morrem e sete ficam feridos em rebelião no Mato Grosso

Segundo a Comissão Pastoral da Terra, (CPT) conflitos fundiários são comuns na gleba onde ocorreram as mortes há mais de dez anos, com registros de assassinatos e agressões.

A CPT informou que investigações policiais feitas nos últimos anos têm apontado que “os gerentes das fazendas na região comandavam rede de capangas para amedrontar e fazer os pequenos produtores desocuparem suas terras”.

O governo mato-grossense informou que policiais militares e civis lotados na cidade de Colniza estão se deslocando para a área, que fica a 250 km da sede do município. “Estima-se aproximadamente dez vítimas no caso, contudo, o número ainda não foi confirmado devido à dificuldade de acesso ao local e sinal de telefonia precário”.

 

 

REDACAO@METROPOLES.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

4,3 TONELADAS Apreensão de drogas neste ano supera todo 2016. Em contrapartida, permanece o aumento de pessoas assassinadas vítimas do tráfico de entorpecentes no Ceará.

Ontem, a delegada Ana Cláudia Nery e o delegado Lucas Aragão divulgaram as últimas operações da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas ( F...