quarta-feira, 26 de abril de 2017

VIOLÊNCIA SEM FIM Empresário é morto por pistoleiros em Caucaia. Foi o 300º assassinato do mês de abril no Ceará. O empresário caiu morto próximo a uma fonte d'água de sua propriedade, no Distrito Jurema

O empresário caiu morto próximo a uma fonte d'água de sua propriedade, no Distrito Jurema

Chegou a 300 o número de assassinatos no Ceará em abril. O 300º homicídio do mês teve como vítima um empresário do ramo de envasamento e distribuição de água potável. Ele foi morto, no começo da manhã desta quarta-feira (26), na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em um provável crime de execução sumária encomendada (pistolagem).

O caso ocorreu no Município de Caucaia. O empresário, identificado como Francisco Carlos Costa Moreira foi morto a tiros na Rua Taubaté, no Distrito de Jurema. O crime de morte ocorreu na mesma rua onde está localizada a empresa da vítima, a Distribuidora SIM.

Conforme testemunhas, o empresário, conhecido como “Chico do Genibaú”, foi surpreendido por bandidos em um carro prata, que desceram do automóvel já com armas na mão e foram logo atirando na vítima, sem nenhuma discussão ou tentativa de roubo, o que, a princípio, afasta a hipótese de um caso de latrocínio (roubo seguido de morte). O empresário foi atingido por seis tiros à queima-roupa e morreu no local, onde há uma fonte d´água de sua propriedade.

Pistas

“Foi uma execução sumária”, contou um dos policiais que atenderam à ocorrência. Testemunhas oculares do crime reforçam a versão. Contudo, não há a confirmação de que a vítima vinha sofrendo algum tipo de perseguição ou ameaças.

Patrulhas do Batalhão de Policiamento Comunitário/BPCom (Ronda do Quarteirão) e do Policiamento Ostensivo Geral/POG do 12º BPM (Caucaia) estiveram no local e iniciaram diligências. “Estamos trabalhando desde a hora da comunicação do crime em busca de pistas dos assassinos”, informou o tenente-coronel Geovanne Martins, comandante do 12º BPM (Caucaia).  

Inspetores do 18º DP (Jurema) e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também compareceram ao local do crime para realizar levantamentos junto com as equipes de Perícia Externa e de Rabecão da Perícia Forense do Estado do ceará (Pefoce).

O corpo do empresário foi encaminhado, após perícia, à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel). 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

4,3 TONELADAS Apreensão de drogas neste ano supera todo 2016. Em contrapartida, permanece o aumento de pessoas assassinadas vítimas do tráfico de entorpecentes no Ceará.

Ontem, a delegada Ana Cláudia Nery e o delegado Lucas Aragão divulgaram as últimas operações da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas ( F...