quinta-feira, 11 de maio de 2017

ANDRÉ COSTA Secretário da Segurança diz que a meta é realizar 20 operações por mês no CE. O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, acompanhou uma operação integrada na comunidade do 13, município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza, que começou na madrugada desta quinta-feira, 11.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, acompanhou uma operação integrada na comunidade do 13, município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza, que começou na madrugada desta quinta-feira, 11. No local, o gestor da pasta da Segurança disse que a meta é realizar, por meio da Polícia Civil, 20 operações com mandados de busca por mês, em todo o Ceará. O planejamento foi divulgado um dia depois da divulgação do aumento do número de homicídios no Estado.

A operação começou por volta das 5 horas e teve a participação de 250 agentes da segurança pública. A ação foi comandada pela Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). Conforme André Costa, a Polícia tem recebido denúncias por meio dos números 181 e do 190 que pedem por operações na cidade de Aquiraz. O objetivo da SSPDS é atuar com operações, não somente em Fortaleza, mas nos demais municípios cearenses. "A meta agora, e vamos trabalhar para isso, é que através da Polícia Civil, nós consigamos realizar pelo menos 20 ao mês, com mandado de busca", explica.

O delegado federal explica que as operações que acontecem no horário noturno são diferentes, pelo impedimento legal de cumprir mandados judiciais. A noite prevalecem ações de saturação de áreas, blitz e abordagens para evitar que os crimes aconteçam. Na manhã desta quinta,11, além da operação em Aquiraz, houve cumprimento de mandado em Camocim.

A noite está prevista outra ação, no entanto, o secretário não divulgou a região para não prejudicar os trabalhos das forças de segurança. O secretário explica que o mandado coletivo, abrange todas as residências de um perímetro. Acrescenta que o mandado coletivo se tornou essencial.

"Muitas vezes os trabalhadores e cidadãos de bem são obrigados por bandidos e traficantes a guardar drogas, armas, em suas residências. E por causa disso é expedido o mando de busca. As pessoas que tiveram suas casas revistadas elogiaram o trabalho dos policiais. Nós temos uma investigação prévia, sabemos onde é a casa do cidadão, onde agimos com tranquilidade,e é na casa do bandido, onde se deve ter mais cuidado", disse. 

Fonte: O Povo

UMA VÍTIMA BALEADA Ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará têm residência metralhada. A quadrilha utilizou armamento de grosso calibre, como fuzil e submetralhadora. Nenhum suspeito foi localizado.

A residência de uma  agente penitenciária , ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará , foi alvo de um ataque criminoso na tarde de...