quarta-feira, 3 de maio de 2017

"DESOVA" CONFIRMADA Familiares estiveram no IML de Juazeiro e identificaram cadáver encontrado em Araripe. O corpo crivado de balas e encontrado por volta das 10 horas da última quinta-feira, dia 27, às margens da estrada vicinal de acesso ao Sítio Serra do Caldeirão a uma distância de 20 Km para o centro de Araripe foi identificado.

O corpo crivado de balas e encontrado por volta das 10 horas da última quinta-feira, dia 27, às margens da estrada vicinal de acesso ao Sítio Serra do Caldeirão a uma distância de 20 Km para o centro de Araripe foi identificado. Era do jovem Samuel de Oliveira Silva, de 18 anos, que residia na Rua Jesus Alves Siebra numa área periférica do município de Ipubi (PE).

A mãe dele, Creuza de Oliveira, esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte e fez o reconhecimento do cadáver. Não houve a necessidade de exame de DNA já que a confirmação da identificação se deu por meio da papiloscopia, sendo o corpo entregue à família para providenciar o sepultamento no Pernambuco. O rapaz respondia por crimes de ameaça e assalto.

O cadáver apresentava uma perfuração à bala na cabeça e duas nas costas confirmando que o local foi apenas usado como ponto de “desova” como suspeitou a polícia. O achado se deu por meio de um pecuarista que procurava uma vaca sua que tinha desaparecido. O corpo já estava se decompondo, putrefeito e com partes devoradas por animais.

Demontier Tenório