sábado, 27 de maio de 2017

CRIME BÁRBARO Padrasto mata criança de 10 meses em Lavras da Mangabeira mordendo e atirando-a contra a parede. Um homicídio registrado por volta das 18h30min desta sexta-feira no município de Lavras da Mangabeira deixou a população perplexa, horrorizada e revoltada causando grande repercussão. Na Rua Padre Raimundo Augusto no centro da cidade o servente de pedreiro Iarley Mendonça de Souza, de 20 anos, matou sua própria enteada Gabriela Aparecida Duarte da Silva de apenas 10 meses de idade.

Crime bárbaro
Demontier Tenório


Segundo testemunhas, ele pegou a criança pelas pernas e bateu com a mesma várias vezes contra a parede além de ter mordido a recém-nascida chegando a arrancar alguns dedos das mãos. Populares comentaram com a patrulha composta pelo Sargento Barros e os Soldados Siqueira e Leandro sobre a imaginação inicial que se tratava de uma boneca, mas, só depois, viram que era um bebê.

Os policiais saíram em diligências e perto do local do crime encontraram e prenderam o acusado aparentando ter usado drogas e negando o crime. Segundo Iarley, havia entregue à criança à mãe dela no caso Magnólia Gomes dos Santos com quem possui um relacionamento amoroso. Entretanto, na Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu confessou o homicídio e ali ficou recolhido por medidas de segurança ante a possibilidade do linchamento em Lavras da Mangabeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO: Preso em Fortaleza traficante chefe do Comando Vermelho em Santa Catarina

  Leandro Madalena Schlosser, 27 ano, foi capturado ao chegar em seu apartamento, no Cambeba Uma operação conjunta do Batalhão de Polícia...