quarta-feira, 3 de maio de 2017

CRIMES Governo vai reforçar policiamento após alta de homicídios no Ceará. O governador Camilo Santana (PT) anunciou ontem que irá dobrar o efetivo do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) em Fortaleza.

Ana Rute Ramires Thiago Paiva

O governador Camilo Santana (PT) anunciou ontem que irá dobrar o efetivo do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) em Fortaleza. Além disso, informou que serão entregues ainda em maio 300 viaturas para Polícia Militar e Polícia Civil. Também está em andamento a compra de mais dois helicópteros. O reforço para o policiamento chegará após o Estado bater recorde no número de homicídios em abril.

 

O balanço fechado ainda não foi divulgado, mas levantamento do O POVO com base em dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) mostra que o número de assassinatos no Ceará no último mês chegou a pelo menos 358. É a maior marca para abril em cinco anos, desde que a SSPDS passou a divulgar as estatísticas sobre Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), em 2013. Os números incluem homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte ou latrocínio (roubo seguido de morte). Na comparação com o mesmo mês de 2016, os assassinatos cresceram 30,7% no Estado.

Para chegar a este cálculo, O POVO utilizou informações disponíveis no site da SSPDS. Até 26 de abril, foram usados dados do CVLI diário. Entre os dias 27 e 30, foram usados dados do relatório das principais ocorrências atendidas pela SSPDS. Como nem todas as ocorrências estão computadas nesse último caso, o número pode ser maior.

Dos quatro meses deste ano, só em fevereiro houve redução dos homicídios no Ceará, de 9,4%. Os assassinatos também aumentaram em janeiro (8%) e março (13,3%).

A situação de abril foi agravada após série de atentados entre os dias 19 e 23. Foram 36 ataques a ônibus, delegacias, prédios estatais, veículos de concessionárias de serviços públicos e agências bancárias. As ações teriam sido organizadas de dentro dos presídios e foram reivindicadas pela facção Guardiões do Estado (GDE).

Reforço na segurança

Camilo informou ainda que convocará em maio 1,4 mil aprovados em concurso para a Polícia Militar. Além disso, outros 1,4 mil aprovados no mesmo concurso que já foram convocados e estão em treinamento na Academia de Segurança Pública deverão passar a atuar na segurança pública até o fim do semestre. Reforçou ainda a promessa de levar o Raio, espécie de batalhão de elite da Polícia cearense, para todos os municípios com mais de 50 mil habitantes. 

 

Os anúncios foram feitos na manhã de ontem, no Ginásio  Poliesportivo da Parangaba, durante evento do Projeto Amigo do Idoso.

 

O governador acredita que a série de atentados de abril teve objetivo de atingir a SSPDS, em particular o gestor que assumiu em janeiro passado. “Isso que eles fizeram foi uma tentativa de intimidar a Secretaria da Segurança Pública, principalmente o secretário André Costa, que tem feito um grande trabalho. Mas a resposta é que nós não seremos intimidados por bandidos no estado do Ceará. Vamos botar os bandidos pra fora e esse é o meu empenho”.

 

Saiba mais

 

Média de homicídios No mês de abril, assim como em março, a média de assassinatos no Ceará ficou acima de 11 por dia. Ao longo de todo o ano de 2016, essa média de homicídios no Estado havia permanecido abaixo de 10 por dia.

 

O dia mais violento do mês foi 29 de abril. Na ocasião, foram contabilizados 20 assassinatos no Estado, tendo sido nove casos na Capital, cinco na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e seis no Interior.

Grupo de Comunicação O POVO
Copyright © 2016,
Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual o seu bar preferido em Limoeiro do Norte?

Qual o seu bar preferido? O município de Limoeiro do Norte hoje conta com bares que são um verdadeiro ponto de encontro da galera.  ...