sexta-feira, 19 de maio de 2017

DIZ DELATOR Temer pediu R$ 1 milhão em espécie. Ricardo Saud, ex-diretor da JBS, prestou depoimento à Procuradoria-Geral da República e afirmou que o presidente Michel Temer solicitou, em dinheiro vivo, a quantia de R$ 1 milhão. As informações são da Veja.

Diz delator
Do Miséria

 

Ricardo Saud, ex-diretor da JBS, prestou depoimento à Procuradoria-Geral da República e afirmou que o presidente Michel Temer solicitou, em dinheiro vivo, a quantia de R$ 1 milhão. As informações são da Veja.

Segundo apuração da reportagem, o valor deveria ser entregue em uma das empresas de João Baptista Lima, coronel aposentado e um dos homens de confiança de Temer. 

“O dinheiro era do PT. O PT deu para o presidente Temer para usar para campanha de vice. E assim foi feito e, não satisfeito, ainda guardou um milhão para ele no bolso”, relatou Saud.

O acerto foi feito entre a JBS e os partidos PT e PMDB. 

Em seu depoimento, Saud explicou que destinou R$ 9 milhões para o diretório nacional do partido, 2 milhões foram usados na campanha de Paulo Skaf ao governo de São Paulo. Eduardo Cunha recebeu R$ 3 milhões e R$ 1 milhão acabou no bolso de Temer. 

NoticiasaoMinuto

UMA VÍTIMA BALEADA Ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará têm residência metralhada. A quadrilha utilizou armamento de grosso calibre, como fuzil e submetralhadora. Nenhum suspeito foi localizado.

A residência de uma  agente penitenciária , ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará , foi alvo de um ataque criminoso na tarde de...