segunda-feira, 1 de maio de 2017

ESTADO DO CEARÁ Violência no feriadão do Dia do Trabalhador já deixou 50 mortos no Ceará. Corpo de uma mulher foi encontrado na localidade Pedra Branca, em Pacajus. Vítima foi assassinada.


Corpo de uma mulher foi encontrado na localidade Pedra Branca, em Pacajus. Vítima foi assassinada

Balanço parcial do feriadão do Dia do Trabalho, iniciado na última sexta-feira (28), registra, ao menos, 50 mortes violentas em todo o Estado do Ceará. Segundo dados das autoridades policiais, foram registrados no período 45 casos de homicídios e mais cinco morte em acidentes de trânsito.

Em Fortaleza, 13 pessoas foram assassinadas. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), mais 11 casos de homicídios. Já em relação ao Interior, 21 registros de assassinatos totalizaram o balanço parcial, sendo 13 no Norte e mais oito no setor Sul, de acordo com a divisão geográfica dos Comandos de Policiamento do Interior (Norte e SuL).

Já os acidentes de trânsito com mortes foram registrados em Fortaleza e nos Municípios de Russas, Jaguaribe, Palhano e Ipaumirim.

Crimes

Em Fortaleza, os 13 assassinatos ocorreram nos seguintes bairros:  Messejana (2), Aldeota, Montese, José Walter, Jardim Iracema, Barra do Ceará (2), Cambeba, Bom Jardim (duplo) e Sapiranga-Coité (duplo).

Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 11 assassinatos ocorreram nos seguintes Municípios: Horizonte (3), Maracanaú (3), Caucaia, Guaiúba, Maranguape, Pacajus e Cascavel.

No Sertão

No Interior Norte, as forças policiais do Estado registraram 13 casos de homicídios, nos seguintes Municípios: Itapajé (4 casos, um deles triplo homicídio), Paraipaba (duplo), Sobral, Acarape, Massapê, Canindé, Palmácia, São Benedito e Quiterianópolis (linchamento).

No Interior Sul, oito pessoas foram vítimas de assassinato nos seguintes Municípios: Russas, Brejo Santo, Juazeiro do Norte (duplo), Catarina, Morada Nova, Caririaçu e Beberibe.

Dois homens morreram em confronto com a Polícia neste fim de semana prolongado. O primeiro caso ocorreu em Itapajé (124Km de Fortaleza), onde um traficante de drogas, identificado como José Wilker, tombou numa troca de tiros como policiais do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e ostensivas (BPRaio). O segundo caso, também envolvendo bandidos e policiais militares, aconteceu na cidade de São Benedito (337Km da Capital). O morto era o assaltante Diego Vidal da Silva, 18 anos.

Acidentes

Cinco acidentes de trânsito com morte foram contabilizados pelas autoridades policiais desde a última sexta-feira (28), fatos ocorridos em Fortaleza (bairro Cambeba, tendo um policial militar como vítima), Ipaumirim, Palhano, Jaguaribe e Russas.

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

Brasil registra 28 mil homicídios no 1º semestre

Marco Antônio Carvalho No Recife    Leo Martins/Agência O Globo Homem morre após tiroteio no Rio; número de homicídios no país cresce ...