domingo, 7 de maio de 2017

FORTALEZA, SOBRAL E JUAZEIRO DO NORTE Edital abre 1.034 vagas no Ceará. Ofertas são para os cargos de socioeducador, assistente social, psicólogo e pedagogo.


Os futuros contratados serão lotados nos Centros Socioeducativos do Estado, sendo estes de internação, provisória, semiliberade e a unidade de recepção

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), juntamente com a Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará (Seplag), abriu processo seletivo para o preenchimento de 1.034 vagas temporárias, sendo 55 destinadas a pessoas com deficiência. Também será formado cadastro reserva.

As ofertas são para trabalhar em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte.

A candidatos com ensino médio, o edital oferece 924 chances como socioeducador. Deste total, 127 são destinados a candidatas do sexo feminino e 727 do sexo masculino.

Em nível superior, as oportunidades são para os cargos de assistente social (48), psicólogo (47) e pedagogo (15).

Todas as funções têm salário de R$ 2.200, mais auxílio-alimentação. Os candidatos selecionados terão jornadas de trabalho de 40 ou 44 horas semanais, no sistema de escala de serviços.

Inscrições e seleção

As inscrições para o concurso da Seas serão recebidas no período de 15 de maio a 13 de junho, pelo site www.Uece.Br/cev. As taxas custam R$ 80 (nível médio) e R$ 130 (superior).

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva, em 15 e 16 de julho, e de títulos, entre 31 de julho e 2 de agosto.

Os profissionais contratados por meio do concurso da Seas terão vínculo inicial de doze meses, prorrogável por mais doze.

Os selecionados serão lotados nos Centros Socioeducativos do Estado, sendo estes de internação, internação provisória, semiliberade, bem como a unidade de recepção.

Os Centros Socioeducativos do Estado visam acolher jovens que cometeram atos infracionais e estão cumprindo medidas socioeducativas determinadas pela Justiça.

A contratação faz parte do reordenamento institucional, que prevê também a capacitação em serviço dos profissionais das unidades, a presença de profissionais experientes e das coordenações da Seas, estabelecimento de uma rotina de segurança no interior das unidades, além da a realização de obras para adequação dos espaços físicos.

O concurso da Seas terá validade de um ano, a contar da data de publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do órgão, conforme estabelece o edital.

Vale lembrar que, dentro do prazo de validade da seleção, as funções temporárias que vagarem poderão ser preenchidas pelos candidatos aprovados e classificados no cadastro reserva.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.