quarta-feira, 3 de maio de 2017

HOMICÍDIO NO CARIRI Mototaxista mata a golpes de faca o ex-companheiro de sua esposa em Araripe. Um homicídio foi registrado por volta das 16 horas desta terça-feira na Rua Antonio Nunes de Alencar perto do mercado no centro de Araripe.

Um homicídio foi registrado por volta das 16 horas desta terça-feira na Rua Antonio Nunes de Alencar perto do mercado no centro de Araripe. Edivânio Barbosa da Silva, de 36 anos, que residia na Rua Maria Augusta, 135 (COHAB III) naquele município, foi lesionado com cinco facadas e morreu Hospital Lia Loiola de Alencar. O autor dos golpes foi o mototaxista José Wilton dos Santos, de 46 anos, apelidado por “Rato” residente na Rua Afonso Nilton de Alencar Lima, 410 no bairro Campo de Avião.

Os dois passaram a se conflitar desde que a ex-companheira da vítima se tornou mulher do acusado. Existem informações que Edivânio teria agredido “Rato” com uma chamada “pimba de boi”. No revide, os golpes de faca resultando no crime de homicídio. Uma patrulha comandada pelo Sargento Roberto com o apoio dos Soldados Matos, Samuel e Alencar diligenciou sem o êxito de localizar o acusado que não tem passagens pela polícia. Já Edivânio respondia por crime de lesão corporal.

Este foi o primeiro homicídio do mês de maio em Araripe e o segundo deste ano. O outro aconteceu quinta-feira, dia 27, com o achado do cadáver de um homem às margens da estrada vicinal de acesso ao Sítio Serra do Caldeirão. O mesmo já apresentava avançado estado de decomposição, putrefeito e com partes devoradas por animais. Havia uma perfuração à bala na cabeça e outras duas nas costas surgindo a idéia que o local tenha sido usado para desova do corpo.