quarta-feira, 10 de maio de 2017

INSTABILIDADE OCEÂNICA Chuvas retornam com mais intensidade ao Estado. Quixadá. Nebulosidade, atingindo praticamente todo o território cearense, associada a áreas de instabilidade que se formam sobre o Oceano Atlântico e se deslocam em direção ao continente

 por Alex Pimentel - Colaborador


Clique para ampliar

Quixadá. Nebulosidade, atingindo praticamente todo o território cearense, associada a áreas de instabilidade que se formam sobre o Oceano Atlântico e se deslocam em direção ao continente, foram os principais fatores para a ocorrência de chuvas em 97 municípios do Estado das 7h de segunda-feira às 7h de ontem. As precipitações mais elevadas ocorreram no Maciço de Baturité e no litoral leste. Esse quadro deve continuar nesta quarta-feira, com chuvas em todas as regiões do Ceará, preveem os meteorologistas.

O principal sistema indutor de chuvas no Ceará, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), está afastada da costa norte do Nordeste brasileiro, mas continua influenciando a ocorrência de chuvas, explicou o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Raul Fritz.

Além de banhar quase 100 cidades ocorreu a chuva mais forte de maio, em Guaramiranga (111,2mme). A segunda maior chuva também foi registrada na região serrana de Baturité, em Mulungu (90mm).

Açudes

Em Baturité, onde, no dia anterior, choveu 25mm, a carga pluviométrica foi praticamente o dobro (49,4mm), o suficiente para a barragem Tijuquinha sangrar novamente. Foi a terceira vez no ano. Outra barragem que sangrou foi a Germinal, em Palmácia, que ainda não consta nos registros oficiais da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Os 153 açudes monitorados pela Companhia, apresentam 12,65% da capacidade total. No total, sem incluir o Germinal, ainda a ser inaugurado pelo governo do Estado, atualmente estão sangrando o Acaraú Mirim e São Vicente, da bacia do Acaraú; Quandú, Gameleira e São Pedro Timbaúba, da bacia do Litoral; Itaúna, Tucunduba e Angicos, da bacia do Coreaú; e o Maranguapinho, Itapebussu, Cahuipe e Tijuquinha, das bacias Metropolitanas.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 18/12/2017: Homicídio a bala em Icapuí, prisão por roubo e apreensão por arma de fogo em Aracati.

Neste domingo, dia 17, por volta das 23h, na localidade de Santa Tereza, zona rural, PMs foram informados de que cerca de quatro indivíduos...