sexta-feira, 26 de maio de 2017

JERÔNIMO MONTEIRO-ES Homem agride namorada ao ouvi-la cantar 'Saudade do meu ex', de Marília Mendonça. Um jovem de 23 anos foi acusado de agressão à companheira, de 18 anos, após chegar em casa e ouvi-la cantar a música "Ai que saudade do meu ex", da cantora sertaneja Marília Mendonça. O caso aconteceu em Jerônimo Monteiro, na região Sul do Espírito Santo.

Homem agrediu namorada após ouví-la cantar música de Marília Mendonça Foto: Reprodução/Instagram

Um jovem de 23 anos foi acusado de agressão à companheira, de 18 anos, após chegar em casa e ouvi-la cantar a música "Ai que saudade do meu ex", da cantora sertaneja Marília Mendonça. O caso aconteceu em Jerônimo Monteiro, na região Sul do Espírito Santo. Segundo a Polícia Civil, o homem se sentiu ofendido pela música cantada pela jovem e a agrediu com um pedaço de madeira. Ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha e responde liberdade pelo crime, ocorrido no fim do mês de abril. O casal morava junto há dois anos.

De acordo com o depoimento da jovem à Polícia Civil, uma amiga revelou a ela que havia visto o rapaz com uma outra mulher na garupa de sua moto. A vítima, então, foi até a casa da moça para saber o motivo da carona. Depois, retornou para casa e colocou a música para tocar. Segundo ela, o rapaz, então, teria chegado em casa de madrugada e, ao ouvi-la cantar o refrão "Ai que saudade do meu ex. Ele que era homem de verdade", entrou na residência e começou a discutir com a jovem.

Ainda segundo a vítima, em um determinado momento da discussão, ele perguntou se não seria "homem de verdade", como diz a música e pegou um pedaço de madeira, atingindo a jovem nas costas. Ele ainda desferiu socos e chutes contra ela. De acordo com a Polícia, a vítima ainda arremessou uma pedra na direção do agressor, mas não conseguiu acertá-lo.

A jovem foi levada para uma unidade hospitalar na região e foi liberada com escoriações, mas não teve feridas graves. O homem vai responder em liberdade pela agressão.

© 2006-2017 Todos os direitos reservados
a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

CADEIA PÚBLICA Presos de Guaraciaba do Norte poderão ter pena reduzida por meio da leitura. Segundo decisão da titular da Comarca do município, a leitura contribui no processo de reinserção social.

Além de realizar a organização do trabalho, os presos deverão se limitar ao conteúdo do livro recebido por eles ( Foto: divulgação/TJCE )...