quinta-feira, 11 de maio de 2017

JUAZEIRO DO NORTE PM é expulso por envolvimento no tráfico de drogas entre o Ceará e Pernambuco. O soldado da Polícia Militar Cícero Elinaldo Guedes Silva, conhecido por “Naldinho”, foi expulso da corporação após ser preso por tráfico de drogas e associação ao tráfico durante a “Operação Fronteiras”.

O soldado da Polícia Militar Cícero Elinaldo Guedes Silva, conhecido por “Naldinho”, foi expulso da corporação após ser preso por tráfico de drogas e associação ao tráfico durante a “Operação Fronteiras”. O decreto da Controladoria Geral de Disciplina dos órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) foi publicado no Diário Oficial do Estadodesta quarta-feira (10).

Conforme consta no documento, o PM foi preso em junho de 2015 durante uma operação conjunta desencadeada pelas polícias de Pernambuco e Ceará. Ele estava em casa, no bairro São José, em Juazeiro do Norte, e à paisana quando foi surpreendido pelas autoridades. Na residência do PM, foi encontrada ainda uma arma cujo registro não estava em seu nome.

Segundo a ordem judicial expedida  pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Araripina, em Pernambuco, Cícero Guedes era acusado de práticas delitivas previstas nos arts. 33 e 35, tráfico de drogas e associação para o tráfico, respectivamente. Além disso, “Naldinho” tinha uma suposta ligação com Renato Batista Barreto, preso no mesmo dia e conhecido por ser um dos maiores traficantes do Cariri e regiões de Pernambuco.

Doença mental

Após ser preso, o PM negou as acusações e disse ainda possuir relações com o traficante Renato Batista. Em seu depoimento, Cícero disse apenas ter conhecido o referido acusado durante a venda de um terreno de sua propriedade. Apesar disso, a polícia concluiu que ambos já se conheciam antes mesmo de ‘Naldinho’ tornar-se policial, quando ambos comercializam cigarros clandestinos.

Condenado a 9 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado, o soldados interpôs pedido de instauração de Incidente de Insanidade Mental causado pelo uso de cocaína, mas o recurso foi negado. 

Diante dos fatos, a Controladoria resolveu homologar a expulsão de Cícero Elinaldo Guedes Silva no dia 28 de abril deste ano.

Fonte: Diário do Nordeste

Pedófilo é preso pela Polícia Civil com 500 imagens ilícitas envolvendo meninas de 11 a 14 anos.

Investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Icó – Área Integr...